por Erickson Rosa

8 dicas para estimular sua autoconfiança

A autoconfiança é algo essencial para nossa vida. Ela define coisas extremamente importantes. Como sua prosperidade, sua felicidade amorosa, seu sucesso profissional. Não é a toa que as pessoas mais realizadas em suas vidas são aquelas que possuem grande confiança em seus atos e em si mesmas.

No entanto, muitas pessoas confundem autoconfiança com excesso de confiança, ou convencimento. Enquanto que o convencimento ou o excesso de confiança, possui sua origem no medo e na necessidade de se proteger da realidade, a autoconfiança possui sua origem no amor próprio e no conhecimento profundo de si mesmo.

A pessoa que confia em si mesmo conhece suas potencialidades e seus pontos de melhoria. Possui um apreço muito grande por si sem ser convencido, pois sabe que possui erros e falha, assim como qualquer ser humano, e por isso não precisa se sentir culpada.

Contudo, durante a vida podemos não ter conseguido desenvolver essa habilidade de confiar em si mesmo. Mas como tudo pode ser desenvolvido, você pode aplicar essas oito dicas para começar a desenvolver sua autoconfiança e ver como ela trará muito mais felicidade para você, pois só podemos estar bem quando estamos bem com nós mesmos, não é verdade?

 

Vamos lá:

1º Anote seus feitos:

Certa vez estava em uma palestra e um rapaz que estava na plateia veio falar comigo. Ele perguntou como poderia fazer para ser uma pessoa mais realizadora e menos procrastinadora. Então pedi a ele que tivesse um pequeno caderno onde anotaria todos os feitos que completaria durante o dia, mesmo aqueles pequenos, como limpar seu carro, arrumar sua mesa, etc. Isso fez com que aos poucos fosse gerado uma energia de confiança em si mesmo e ele deixasse de procrastinar.

2º Elogie-se:

Pessoas que se elogiam e que observam suas qualidades aumenta significativamente a confiança em si mesma. Operam como um reforçador de suas qualidades e aos poucos sua voz interna de crítica vai mudando para uma voz de elogio e de cuidado consigo. Por isso elogie mais suas habilidades, seus feitos (por menor que você considere que sejam), suas risadas e seu jeito de ser. Aos poucos aumentará esse hábito e reduzirá as críticas. E falando em críticas...

3º Evite criticar-se:

Em um dos meus programas do Coach Matinal (caso ainda não conheça convido-o a conhecer) recebi uma pergunta dos ouvintes sobre como ela faria para melhorar se não poderia se criticar. A resposta era simples. Se você viver se criticando, achando que nada está bom, logo irá achar que não é bom em nada. Por isso não se critique. Pessoas que se tratam com carinho e gostam de si mesmas não se criticam. Elas entendem que possuem pontos de melhoria, mas isso não as faz esquecer que possuem muitas qualidades. Assim vamos ao próximo tópico.

4ª Conheça seus pontos fortes:

Imagine que você possui um braço defeituoso e que não consegue realizar nada com ele. É bem provável que você de tanta atenção a esse braço que se esqueça das outras inúmeras coisas que pode realizar. Dessa forma você limitaria suas capacidades e pontos fortes. Na maioria das vezes estamos tão focados em nossas dificuldades que nos esquecemos de nossos pontos fortes. Por isso é importantíssimo ressaltar e conhecer seus pontos fortes, senão sua mente sempre ficará focada em seus erros. E tocando nesse assunto de erros...

5º Conheça os seus pontos de melhoria:

Anote essa regra, repita até que isso seja uma ideia estabelecida em sua mente:não existe defeitos, apenas pontos de melhorias!

Se nos acreditamos que temos defeitos ficamos passivos frente a nossos erros e falhas. Quando entendemos que são pontos de melhoria, compreendemos que podemos trabalhar para a mudança. Assim você dá a oportunidade a si mesmo para ser melhor a cada dia. 

6º Aumente sua tolerância aos erros:

Errar faz parte de nosso aprendizado. Não há nada de mais e errar e sentir-se triste com isso. O problema é quando há uma baixa tolerância às falhas e uma extrema necessidade de perfeccionismo. Enquanto não entender que o erro faz parte da escada do sucesso, ficará refém da crítica interna e isso o impedirá de prosseguir.

Aceite o erro como uma placa que indica o caminho a não ser seguido. Afinal, errar é humano e aprender com o erro é sábio.

7º trate-se com carinho:

Você é a pessoa mais importante de sua vida, pois afinal você não pode viver sem você. Parece óbvio falar isso, mas quando falo para meus alunos isso vejo um silêncio profundo. Você se critica duramente? Você acha que não é capaz de algo? Como se trata quando erra? Fala mal de si mesmo? 

Agora a pergunta fatal: Se um amigo querido seu errasse, falhasse ou então estivesse muito triste, como você o trataria? Com certeza você o tranquilizaria, e diria coisas boas a ele. Então por que não fazer isso com você mesmo? Pessoas que se tratam com carinho possuem maior confiança em si, pois sabem que possuem uma aceitação interna. Trate-se com carinho.

8º Tenha paciência e tranquilidade:

Imagine que você vai agora começar a plantar uma pequena semente. De nada adianta regar rapidamente, ou então adubar com excesso a terra. A semente terá um tempo para germinar. Da mesma forma que a semente possui seu tempo, você também tem o seu tempo para desenvolver essa poderosa confiança em si. Comece devagar, mas contínuo, pois assim verá que dentro de um mês estará mais confiante, mais alegre e isso trará com certeza resultados positivos em sua vida.

Que tal começar a tentar agora?

Erickson Rosa

+ artigos

Terapeuta holístico, Mestre Reikiano e formado em psicoterapia holística. Fundador do Coach Matinal e autor do e-book Ansiedade Sem Remédios. Ministra cursos e eventos com temas como a motivação, psicossomática, fisiognomonia e meditação.