por Patrícia do Oriente

A arte do recomeço

E em um belo dia cai a ficha e você percebe que é necessário arrumar as malas e partir. Partir em busca de suspiros, de paz, de um novo amor, um novo emprego ou até mesmo da sua vida de volta. E é bem nesta hora que a preguiça e o comodismo aumentam, chegando a paralisar e até imobilizar. E você se questiona: "Será mesmo a melhor saída deixar tudo para trás e ir em busca do desconhecido?"

Somente aquele que tem uma fé absoluta consegue transpor estas barreiras e seguir. Costumo dizer que, após o primeiro passo, você não esta mais no mesmo lugar... Então, volte no tempo faça como um bebê que está aprendendo a andar: dê o primeiro, o segundo e o terceiro passo; caia, chore e levante. Logo você percebe que é até engraçado como a cada queda você levanta mais rápido e, quando der por si, logo estará correndo atrás de um novo começo.

E nesta hora se reinvente! Não aceite o comodismo como resposta, porque você veio neste mundo para ser feliz. Recomece quantas vezes fores necessárias. Um guerreiro não se abate no primeiro tiro, ele se arrasta e continua até vencer a guerra. Vença seus medos e, por favor, recomece.

Patrícia do Oriente

+ artigos

Espiritualista, reikiana, traz o dom herdado de seus antepassados, contando com a força da Cigana do Oriente, desenvolveu em sua jornada uma conexão profunda com o Baralho Cigano, aperfeiçoando seu conhecimento na Escola Esotérica Daniel Atalla.
Com intuição apurada procura sempre auxiliar e orientar. Através da vidência com o auxilio de cartas, interpreta o futuro através da compreensão dos fatos que acontecem na sua vida.