por Moacyr Martins

Magia Angélica para atrair o divinamente destinado

A atitude da mente, o desejo de superar os contratempos e as doenças, a inclinação para lutar contra a desordem mental, serão os elementos que nos ajudarão a resgatar a nossa paz interior.

Quando nos tornamos por preconceito, negativismo ou ceticismo um obstáculo para as influências benéficas a ação dos Seres de Luz, construímos uma barreira contra a cura do nosso espírito, porém se nossas atitudes forem as adequadas, se acreditarmos que não estamos sós e que nossas preces são ouvidas, então, poderemos receber o auxílio dos seres angelicais.

Neste estado, a pessoa se preenche com o poder supremo, torna-se capaz de ajudar a si mesma e aos outros, tanto nos momentos de dor como os de sofrimento, pois o espírito tem em si todo o poder existente.

Mediante nossa invocação, os anjos nos ajudam a compreender melhor a nossa própria condição física e mental e as consequências resultantes de nossas opções na vida.

Assim que compreendermos melhor a nós mesmos e aos outros, a nossa intuição florescerá e ao desenvolvermo-nos intuitivamente, a nossa visão de vida se tornará mais apurada. Descobriremos que o melhor remédio para a debilidade e a depressão mental é a fé. Quando se obtém um certo grau de fé, esta (a fé) crescerá como uma planta.

A fé é a base da Magia Angélica, precede a tudo. Os fracassos, tristezas, desilusões e dificuldades que temos na vida são originados pelos nossos medos, sentimentos de separação e falta de fé.

A fé é tão sagrada que não se pode ensiná-la, ela tem que ser descoberta por cada um dentro de si. Nada no mundo existe sem a fé, ainda que frequentemente ela permaneça oculta. E o que a esconde? A nossa maneira de observarmos a vida.

Desenvolvemos a fé perseverando em uma crença. Ao abrirmo-nos por nossa sintonia com as energias espirituais superiores, ao confiarmos, desenvolvemos uma crença, que se cristalizará em uma verdadeira fé.
 
A comunicação com os anjos inicia-se através do nosso diálogo interno

O nosso diálogo interno, essa “conversa” íntima e verdadeira que acreditamos que temos conosco, torna-se um diálogo inconsciente com os Seres de Luz. Nenhum pensamento se perde, nem é inútil ou banal. Portanto, é importante que saibamos distinguir a diferença entre as realidades objetiva e subjetiva. Somos cocriadores da realidade que vivemos!

Os anjos trabalham para que através de nossa expansão de consciência entendamos que criamos a nossa realidade a cada minuto de nossa vida. Eles ensinam que: 

          "Viver, existir e ser é um processso de criação do qual somos coautores. Todo processo de criação se inicia necessariamente na mente, no pensamento.Ninguém pode criar, sentir ou executar algo que não tenha pensado antes ou que não esteja pensando 

A Magia Angélica e as crenças

A crença é fundamental no processo de criação, porque: Criamos aquilo que acreditamos.

Os anjos nos advertem que é importante termos a consciência de que estamos criando algo a todo o momento, tanto no sentido positivo quanto no negativo. Todos nós criamos e, o que é mais perigoso, de forma inconsciente. 

Crenças que atraem a Magia Angélica que nos conduz ao divinamente destinado

  • Cremos que os anjos se manifestam na nossa existência com mensagens inequívocas mediante símbolos, imagens, sonhos e, sobretudo por “acasos surpreendentes e inesperados”.

  • Invocamos nosso anjo da guarda e proclamamos aquilo que queremos. Proclamamos porque aquilo que desejamos, desde que seja bom e justo, já é nosso por direito divino.

  • Sentimo-nos felizes e confiantes porque de forma natural e cotidiana, os anjos fazem parte da nossa realidade e nos auxiliam a conquistar os nossos objetivos mais profundos.

  • Temos consciência de que somos responsáveis pelos resultados que obtemos. Comprovamos que o acaso não existe e que somos os únicos responsáveis por tudo que se manifesta na nossa existência.

Moacyr Martins

+ artigos

Angelólogo, escritor, palestrante, professor universitário, Master em PNL e Coaching, consultor de empresas, autor dos livros “Na Trilha dos Anjos”, “Força Divina das Orações I e II”, “Auxilio dos anjos nos Problemas do Dia-a-Dia”, entre outros.