por Viviane Oliveira

O uso dos cristais no dia a dia

Convido vocês a embarcarem neste trem cristalino e viajar comigo pelas entranhas de Minas. Assim vamos voar nos braços da magia dos cristais e nos entregarmos a essa teia divina , ao voltarmos, com certeza fitaremos a vida através de uma lente de luz encantada, na qual nossas vidas serão dias de “felizes para sempre”.

Minas sempre trouxe bordada em suas rezas, benzeções e receitinhas de “vó” uma egrégora mística apesar de crescer com tantas igrejas e Santos, afinal tudo é fé, crer no não visto.

Atrás de cada conta de cada rosário ou terço possui um patuá, uma pedrinha ou uma sementinha que com uma reza especial que a “vó”, da “vó”, da bisavó havia ensinado, fazia efeitos milagrosos. E foi assim que surgiu o interesse, o meu em especial pelos cristais, em aprofundar nessas receitas mágicas que pouco sabiam de ciência estudada, mas tinham sim bastante eficiência.

Pedras que curavam, pedras que “afastavam mal-olhado”, pedras que curavam quebrante, pedras que atraíam trabalho, pedras que faziam o amor chegar. Pedras que faziam milagres com suavidade e magia e iam fundo em suas funções. Pedras duras que amoleciam corações, pedras negras que espantavam a escuridão e pedras cristalinas que reluziam o sorriso de Deus.

Ah essas pedras, brincavam sob a luz do sol, se deleitavam na chuva e se entranhavam no abraço da terra. Para dias mais pesados com algum “carrego”, essas pedras iam até para o fogo, na “beirinha” do fogão à lenha e alí aquecidas pelo poder do fogo a energia delas propagava, feito ondas de uma pedra jogada no lago e varriam a atmosfera daquela casa trazendo novamente o aconchego ao lar, fazia a energia divina brilhar tanto que superavam até as panelas areadas por outras pedras que secavam ao sol.

E desses costumes de observar e brincar com essas mesmas pedras, hoje estou aqui para dividir essa jornada cristalina e resgatar aquilo que as civilizações já extintas nessa dimensão usavam no dia a dia para mover toda uma sociedade. Pedras que hoje associadas a tantos conhecimentos e estudos, terapias e harmonizações de ambientes vêm agregar para trazer harmonia, bem-estar e iluminação com saúde e amor. E que essas pedras cristalinas façam seu trabalho, em nossas casas, em nossas vidas e em nossos corações para que alcancemos um planeta mais harmonioso, justo, feliz e apesar da evolução com bem menos poluição.

Convidamos vocês para viajarem no universo cristalino e compartilharmos alguns ensinamentos e práticas simples nas aplicações dos cristais em nosso cotidiano. Buscamos através desses cristais restabelecer a proteção energética de nosso corpo e de nossa casa, pois o ambiente adoece o corpo e o corpo pode adoecer o ambiente. Com a selenita vamos aprender a "gradear" o ambiente, para que nele não adentre energias pesadas que possam desestabilizar a nossa casa corpo.

A selenita garante mais paz para a atmosfera da sua casa

A selenita nos demonstra que podemos ser maleáveis desde que a luz esteja presente em nós. Ela nos liga ao nosso chackra ‘Estrela da Alma’, onde decodificamos todas as informações provenientes dos seres iluminados. Tem o poder de limpar e energizar outras pedras, principalmente aquelas que não podem ser colocadas no sal. Como ela foi formada a partir da evaporação da água do mar ela limpa e energiza os ambientes. Ela garante uma atmosfera de paz. Muito poderosa para ancorar as novas vibrações mais sutis em nosso planeta.

Em conto de fadas foi nomeada pó de “pirlimpimpim”, pois causava uma mudança energética assim que envolvia a pessoa, trazendo alegria, elevação, bem-estar e luz. Também nas histórias a famosa “varinha de condão”, pois retira energias nocivas do nosso campo biomagnético. Colocada em casa, neutraliza os efeitos nocivos das radiações provenientes de aparelhos elétricos e cursos de água subterrâneos. Para um perfeito equilíbrio do ambiente podemos usá-las em conjunto com a hematita.

Um abraço na alma e até a próxima queridos amigos!

Viviane Oliveira

+ artigos

Viviane Oliveira nasceu em Minas Gerais, Brasil. Têm formação em geobiologia, reiki, terapia dos dragões, casa natural, cristaloterapia, ridiestesia, aromaterapia, reflexologia podal. Da magia das pedras dessa região surgiu o interesse, desde a infância, pelas gemas preciosas. Usando a sensibilidade e o conhecimento de estudiosos no assunto ela desenvolveu um trabalho simples, pórem eficaz, fundamentado nos cristais. Com a confecção da Lumi Cristal, uma luminária terapêutica, ela tem trabalhando restaurando pessoas e ambientes, no âmbito físico e emocional.