por Vanessa Mazza Furquim

Os nascidos do dia 13

Muita gente teme o número 13 pois o associa ao Arcano da Morte no Tarô. Isso acontece porque esta carta está presente em nosso imaginário, pelo menos desde a Idade Média quando começou a circular pela Europa.

O fato é que o significado primordial da Morte é a renovação, a transformação, o que, de certa forma, é um conceito muito positivo, já que tudo ao nosso redor precisa morrer para que algo novo surja. Afinal, se fossemos impedir a morte das células em nosso corpo, nunca conseguiríamos nos desenvolver, pois é assim que nossos ossos e órgãos crescem ou que nosso sistema imunológico nos protege. Se as folhas e flores também não morressem, a Natureza não poderia se renovar, nem haveriam plantações e colheitas. Por isso, não há por que temer a Morte, nem mesmo os nascidos neste dia, que, numerologicamente, carregam o estigma de uma vida pregressa não muito bem aproveitada. Como a somatória de 13 dará 4 (1+3), que no Tarô representa o Imperador, carta de responsabilidade e construção, todos aqueles que nascem no dia 13 têm como missão de vida aprenderem o valor do trabalho, evitando a preguiça e a ineficiência.

Ou seja, antes de temer o dia 13, veja-o como uma grande oportunidade de renascimento, de fazer as coisas corretamente e de poder consertar os erros do passado. Afinal, quem fica preso ao passado, simplesmente deixa de viver, é aí que a Morte se manifesta literalmente.

Vanessa Mazza Furquim

+ artigos

Taróloga há 19 anos, atua profissionalmente desde 2007, com uma abordagem holística e terapêutica, agregando outros conhecimentos como Numerologia, Astrologia, Feng Shui, Linguagem do Corpo e Psicologia para compreender o cliente em sua totalidade.