por Equipe Horóscopo Virtual

Passos para uma vida simples

As facilidades da era moderna trazem uma série de comodidades no nosso cotidiano, mas também podem acarretar em problemas que não tínhamos até então. Afinal, quem nunca ficou dependente de algum produto ou serviço em que você não fazia a mínima questão antes de tomar o conhecimento dele? Por exemplo, vamos citar o cartão de crédito. É ótimo você poder adquirir bens que necessita sem que esteja com o dinheiro na carteira ou que não poderia pagar naquele exato momento. Ao mesmo tempo, o fato de não ter o dinheiro saindo da carteira te inibe menos com gastos desnecessários, assim gerando dívidas que talvez não poderão ser quitadas. Resultado: você se prejudicará em pagamentos de juros exorbitantes. Uma facilidade imediata pode se tornar uma dificuldade a longo prazo.

Existem uma série de situações desse gênero, que trazem uma facilidade imediata e, posteriormente, podem causar problemas porque são utilizadas demasiadamente, até mesmo sem a mínima necessidade. Para evitar esses tipos de problemas, seguem abaixo algumas sugestões para ajudar na reflexão do que você realmente necessita em sua vida. O que, afinal é necessidade ou comodidade?

Use o cartão de crédito com prudência:

Não queremos que você quebre o seu cartão, pois é muito útil em algumas circunstâncias, como dissemos acima. Sem falar que andar com grande quantidade de dinheiro na carteira em um país violento não é uma boa ideia. Mas procure usar o cartão de débito, assim você só vai gastar aquilo que realmente tem e não se afundará em dívidas. Caso tenha a necessidade de usar o crédito, busque quitar a dívida o quanto antes para não pagar juros elevados. Se não puder pagar, veja outras formas de crédito com juros mais baixos para que a dívida do cartão seja quitada o quanto antes.

Não seja um acumulador de coisas inúteis:

Busque ter sensibilidade do que você guarda em sua casa. Há alguma utilidade? Se não tiver, descarte, recicle, doe, venda ou conserte. Além de não trazer uma energia positiva, você perde um espaço valioso em sua residência para outras coisas que realmente possam ter valor.

 

Evite usar o carro:

Está aí mais uma dependência das pessoas, principalmente de classe média e que residem nas grandes cidades. Além de pagarem impostos, pedágio, combustível, eventuais consertos, esses motoristas ainda pegam um trânsito colossal para se deslocarem, gerando um estresse terrível. Assim como o cartão de crédito, use o carro quando tiver necessidade. Adquira uma bicicleta para realizar percursos médios e siga a pé para o que tiver de resolver perto da sua casa ou trabalho. Tais atitudes farão bem a você e seu bolso.

Cozinhe o seu próprio alimento:

A comodidade da comida pronta que basta esquentá-la em três minutos é muito tentadora, principalmente em rotinas atribuladas. Não é fácil ter que cozinhar todos os dias e, em alguns casos, economicamente é até mais caro do que um simples macarrão instantâneo. Apesar do bolso sentir pouca coisa a mais, pois dá para economizar bastante adquirindo alimentos em feiras de rua e promoções de supermercados, todas as outras partes do corpo vão agradecê-lo por uma refeição mais saudável.

Mais água, menos refrigerante e açúcar:

O refrigerante é bastante sedutor no dia a dia. Além de gostoso, inegavelmente, há de vários sabores e fácil de encontrar em qualquer esquina. Busque substituí-lo por sucos, de preferência natural, mas sem açúcar. Existem sucos que tem altas doses de açúcar, muitas vezes até maior do que no refrigerante. Na dúvida, opte em beber água, que se formos detalhar o bem que causa daria um outro texto somente sobre esse assunto.

 

Por Diego Renan Alencar Lorena de Freitas.

 

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.