por Leandro José Severgnini

Querer ou precisar?

Quais são as nossas necessidades? Você já se questionou sobre isso? E aquilo que você julga precisar, é mesmo uma necessidade ou é algo perfeitamente dispensável? Meus amigos, tenho motivos suficientes para crer que muitas vezes, criamos mais necessidades do que realmente temos. Sei que estamos aqui por um motivo: Para evoluir espiritualmente!

Ora, se estamos aqui para evoluir espiritualmente, podemos deduzir facilmente que devemos estar sempre focados nas aquisições espirituais, logo, as aquisições materiais ficam em segundo plano. Alguém perguntará: "Isso significa que eu devo ignorar completamente a vida material"? Óbvio que não! Creio que na maioria das vezes, nos falta um pouco de discernimento para avaliar o que é necessidade e o que é mero desejo; um pouco de fé para compreender que aquilo que de fato é necessário jamais nos faltará e, uma boa dose de equilíbrio para não deixarmos que o desejo do material sufoque a nossa busca espiritual.

Certa vez disse Chico Xavier: "Você nasceu no lar que precisava nascer, vestiu o corpo físico que merecia, mora onde melhor Deus te proporcionou de acordo com o teu adiantamento, você possui os recursos financeiros coerentes com as tuas necessidades...". O discurso continuava, mas até aí basta! Como podemos ver, é uma imensa injustiça que cometemos se dissermos que nos falta algo. Não, nós temos absolutamente tudo o que precisamos para cumprir a nossa missão. É claro que sempre queremos além daquilo que temos, e quando conseguimos aquilo que queremos, este já não é mais o suficiente, nossos anseios crescem e novamente criamos novas necessidades.

Talvez o que nos falte seja um pouco mais de gratidão com a vida. Ela é tão generosa, nos oferece tudo o que precisamos todos os dias, mas ao invés de agradecermos, acabamos reclamando por conta daquilo que não temos e que julgamos equivocadamente ser necessário. Volto a questionar: Quais são as nossas reais necessidades? Sejamos honestos com nós mesmos e veremos que nós temos absolutamente tudo o que é necessário. Lhe faltam recursos? Lhe falta saúde? Por favor, compreenda que neste caso é justamente isso que você precisa para que o teu Ser Espiritual evolua. Podemos não compreender e até nos revoltar com tal fato, mas sabemos que nada de positivo resultará de nossa revolta.

"Nós temos absolutamente tudo o que precisamos para cumprir a nossa missão..."

Que acalmemos o nosso coração e possamos permitir que a luz que reside em nós possa brilhar em forma de gratidão por tudo o que temos e por tudo o que não temos! Isso mesmo! Precisamos ser gratos inclusive por aquilo que não temos, pois talvez aquilo que não temos poderia ser fruto de mais desgosto e perdição. E, além do mais, conforme crescemos moralmente poderemos perceber que o nosso foco mudará de direção, saindo do perecível material e indo para o imperecível espiritual.

Não deixe para amanhã, comece hoje a agradecer por tudo aquilo que você tem, pois se você olhar para o lado verá que muitos não possuem nada daquilo que você tem e que não valoriza, e outros tantos possuem tudo aquilo que você almeja (e muito mais) e mesmo assim não são felizes. A felicidade não pode ser condicionada por fatores externos, mas deve ser um estado de consciência incondicional ligada com gratidão ao nosso eu!

Leandro José Severgnini

+ artigos

Palestrante e escritor. Autor dos livros intitulados Dias de Luta, Dias de Glória e Liberdade - Nada Menos Que Tudo.