por Vanessa Mazza Furquim

Série Perguntas clássicas ao Tarô: Qual é o nome da pessoa com quem irei me casar?

Quando me fazem esta pergunta geralmente explico que o Tarô é formado por cartas cheias de imagens que revelam aquilo que o consulente está vivendo no momento e quais as possíveis tendências para o futuro. E, quem interpreta os símbolos contidos nestas imagens é o tarólogo. Desse modo, pela ferramenta que temos em mãos, que é o baralho, não há como extrair nomes próprios, endereços, localizações, etc. Portanto, podemos dizer como a pessoa é em personalidade, se irá demorar um curto ou longo tempo para aparecer, se o consulente será feliz ou não neste casamento, e assim por diante.

Afinal, quem consegue enxergar um nome próprio é o vidente, que não precisa ser, necessariamente, um tarólogo. Na verdade, ambos existem independentemente um do outro. Por isso, qualquer pessoa pode ser taróloga, se estudar e treinar, mas nem todos serão videntes, por não ser algo controlável.

Vanessa Mazza Furquim

+ artigos

Taróloga há 19 anos, atua profissionalmente desde 2007, com uma abordagem holística e terapêutica, agregando outros conhecimentos como Numerologia, Astrologia, Feng Shui, Linguagem do Corpo e Psicologia para compreender o cliente em sua totalidade.