por Equipe Horóscopo Virtual

Significado dos planetas no mapa astral

Quando você faz um mapa astral e se depara com aquele desenho complexo, cheio de linhas e símbolos esquisitos, tudo parece muito difícil de entender. Mas é uma questão de saber o que significa cada símbolo dentro daquele desenho. O mapa astral representa os potenciais da personalidade com os quais uma pessoa nasce. Os símbolos que estão nele representam os dez planetas de nosso sistema solar e cada um deles nos mostra uma característica de personalidade. Vamos ver agora, planeta por planeta, o que cada um deles representa e dessa forma dar os primeiros passos para compreender o mapa.

Sol

O Sol nos mostra o signo que conhecemos popularmente pela data de nascimento. Representa como nos mostramos para o mundo e qual é a energia (traço) de personalidade mais forte e essencial que temos em nós. Por exemplo: alguém com Sol em Leão tem uma naturalidade para se expor e se mostrar como alguém expansivo.

Lua

A Lua, ao contrário do Sol, nos mostra como nos sentimos em nossa vida íntima. Está muito ligada à vida emocional e aos sentimentos que temos quando estamos sozinhos ou num meio mais privado. Por exemplo: uma pessoa com Lua em Câncer, em seu íntimo, é uma pessoa sentimental e tem compaixão e vontade de cuidar dos outros.

Mercúrio

É o planeta dos pensamentos, da comunicação e da inteligência emocional. Nos mostra a forma como nos comunicamos, pensamos e lidamos com as emoções de forma mais prática. Por exemplo: Mercúrio em Virgem indica uma pessoa que tem uma comunicação bem metódica e organizada.

Vênus

Representa os relacionamentos e o que você gosta. O que te atrai no mundo e nos outros. Também é o planeta que mostra como colocamos emoção naquilo que temos estima. Por exemplo: Vênus em Aquário indica uma pessoa que gosta de tudo o que é criativo e foge do padrão, além de ter facilidade para ter relacionamentos mais apoiados em liberdade e amizade.

Marte

Nos mostra como gastamos energia em tudo. Desde brigas até sexo, indica a forma como agimos e colocamos energia em nossas ações. Por exemplo: alguém com Marte em Áries age de forma extremamente impulsiva para tudo.

Júpiter

É o planeta da benevolência. Nos mostra no mapa a energia que nos ajuda, com a qual temos facilidade e sempre está à disposição para nos ajudar em qualquer situação. Por exemplo: uma pessoa com Júpiter em Gêmeos tem facilidade para se comunicar, então pode usar essa habilidade para se beneficiar em qualquer problema que esteja passando. Se comunicar nunca vai ser um problema para ela.

Saturno

É o planeta que representa o “professor disciplinador”. Se Júpiter nos mostra o que nos facilita a vida, Saturno nos mostra o que nos limita, qual é o desafio que temos que superar para evoluirmos como pessoas. Por exemplo: alguém com Saturno em Touro tem o desafio de lidar com a energia de trabalho e a dedicação de um taurino em seu dia a dia para poder aprender importantes lições e continuar evoluindo. Não vai ser uma energia fácil de lidar, mas, quando superado o desafio, tudo melhora.

Esses são os sete principais planetas do mapa astral. Ainda existem mais três planetas que estão lá representados: Urano, Netuno e Plutão. Mas estão mais relacionados a toda uma geração de pessoas do que com a personalidade individual de cada um. Urano representa como uma geração lida com a quebra de padrões para evoluir. Netuno mostra como as pessoas se conectam com o espiritual e Plutão mostra os desafios inconscientes que toda uma geração tem que enfrentar.

Espero que este artigo consiga lhe dar uma ideia básica de como interpretar cada planeta em seu mapa. Continue estudando e acompanhando os textos do Horóscopo Virtual para poder cada vez mais se autoconhecer e conhecer melhor os outros através da astrologia. Bons estudos!


Artigo escrito por Ricardo Sturk.

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.