por Alana Morgana

Wicca e os mestres e mestras ascensos

Uma estudante Wicca me pergunta: “Posso acreditar em mestres e mestras do plano espiritual?”, respondo que sim. “E os Mestres Ascensos?”, digo que sim, mas vai depender da ótica que se vê e entende, acredita e pratica.

Se olharmos mestra Astrea, quem foi ela? Quem foi El Morya? Miguel? Kuthumi, Saint German, Soo Chee e muitas mais deste universo que é uma mistura de pessoas que ascenderam (que quer dizer “subir, elevar-se espiritualmente”) e seres de várias mitologias, que são benéficos e querem o bem da humanidade e do planeta. Sendo assim, eles foram associados aos raios coloridos que acentuam a sua energia vibracional de acordo com a sua cor. Incluso a isso, há também os sons de acordo com a escala musical. Há também várias reencarnações em personalidades famosas. Aí vai da crença ou não. A Wicca, acredita em reencarnação, portanto...

Bem, vai a questão mais sutil. Se estamos no planeta Terra e interagimos com tudo que há, seja benéfico ou não, e somos parte da Mãe Natureza e somos espíritos em um corpo carnal, logo estamos em harmonia com o todo. Se estamos em harmonia com o todo e estamos em evolução, estamos também em crescimento para uma elevação espiritual e com a Una. Essa É a grande diferença! A Una (como sempre coloquei diferentemente de alguns que colocam Uno) é a força maior que abrange o Infinito, é o próprio Infinito. Portanto, não vejo porque não acreditar, levando em consideração que são forças benéficas de auxílio, porém servindo e trazendo a energia da grande força da Deusa Mãe, a Una, Infinita!

Dentro de um panteão de pessoas que trouxeram estudos, a arte, temos,  Bruxa Sibyl Leek, que também possa ser uma ascencionada. Geral Gardner; Eliphas Lévi; Blavatsky; Adler; Dion Fortune e muitas outras! Isso vai depender dos valores. Não se trata de uma questão de “santidade” e sim de crença do que é justo ou não, do que é “santo” ou não.

Não gosto de utilizar o adjetivo “santo”, pois a pureza está na mente e nos atos. E creio que se alguém faça mal a um filho nosso, não desejaria para ele uma boa coisa e lançaria uma maldição. E creio que dentro de parâmetros, não deixaria de ser uma pessoa “elevada”, pois estamos crendo no Bem e no que é Justo (lembremo-nos que bom, mau, justo, belo,são questões filosóficas) e dando àquela pessoa uma lição de retorno.

Portanto, podemos utilizar esses mestres e mestras para várias funções para a saúde, compreensão, além dos deuses.

Que possamos pedir e canalizar a força de Miguel, para banir o que for de mau e pedir a sua proteção! Pedir às Amazonas sua força guerreira com seus raios de chama azul, para defender as mulheres de qualquer mal.

Que seja assim e assim se faça!

Alana Morgana

+ artigos

Alana Morgana, Matriarca e Suma Sacerdotisa da Tradição Athena Pronaia-Coven Corujas Lunares, Taróloga, Cartomante e Terapeuta Holística. Fundadora da Escola de Artes Mágikas Alana Morgana (desde 1984).