por Juliane Rodrigues

Wicca - Mitos e verdades sobre a magia moderna

Você acredita em bruxaria? Conhece a magia moderna? Os rituais Wiccanos? Sabe o que a Wicca cultua? 

Muitos intolerantes religiosos não sabem o que é, de fato, a Wicca. Esse artigo veio esclarecer suas dúvidas sobre o assunto, embora você precise ler muito sobre sua origem, história e estrutura. A religião Wicca é considerada uma das religiões mais antigas do mundo, influenciada por crenças pré-cristãs e práticas da Europa ocidental, ela veio para o ocidente a partir de 4000 a.C, mas foi reconhecida somente em 1986. 

“Se quisermos encontrar a base da Wicca, devemos procurá-la nos cultos Paleolíticos da Velha Europa, que se estabeleceram mais tarde entre os minoicos, os etruscos, os gregos e posteriormente os romanos”. [MARTINEZ, p. 17]

Ao contrário do que se acredita, os Wiccanos não abordam a magia como algo sobrenatural, que não pode ser compreendido por leigos. Só no Brasil, a Wicca possui mais de 50 mil adeptos.

A religião é verdadeira! 

 

 

Reconhecida pelos EUA, a Wicca possui oito feriados registrados em Nova Jersey, incluindo o início do outono, em que crianças wiccanas são dispensadas da aula para comemoração.

Elementos

 

Baseada nos ciclos naturais da Terra, a Wicca é uma religião da natureza, que compreende cada elemento como essência básica do universo. Terra, Ar, Fogo e Água, somando eles, resulta no Éter ou espírito. 

A pessoa que busca a magia natural em sua vida, deve estudar e compreender os elementos, pois eles produzem a maioria dos “materiais” utilizados nas práticas mágicas. Tais como as ervas, pedras, óleos e incensos.  

A Wicca celebra a vida e a morte com festivais sazonais, popularmente conhecidos como Sabás. Essas reuniões também são conhecidas como a Roda do Ano, pois comemoram estações anuais e suas colheitas. 

Sabás 

 

 

Nessas ocasiões são homenageadas duas divindades, o casal cósmico: a Deusa Mãe, que representa a energia universal, o útero da criação, a própria terra e o Deus Cornífero, protetor dos animais, dos rebanhos e da vida selvagem. 

As reuniões consistem em meditações, danças, projeção de desejos, harmonização do corpo, mente e espírito. Basicamente, uma meditação coletiva e espiritual. Outro evento importante para os Wiccanos são os ciclos lunares. Um momento de conexão com as divindades, purificação, oferendas e pedidos. 

Oferendas: Wicca é uma religião baseada na natureza, portanto, os wiccanos respeitam todos os seres vivos. Sacrifício por meio de sangue é contra os princípios religiosos. As oferendas feitas em rituais existem, mas são de frutas, vinhos, flores, entre outras coisas. 

Pentagrama

 

O pentagrama representa os 5 elementos, o corpo: 4 membros e a cabeça. Os 5 estágios da vida: nascimento, infância, maturidade, velhice e morte. Os 5 sentidos interiores e exteriores. O amuleto é usado para o reconhecimento dos bruxos e a adoração aos deuses, assim como a cruz para os cristãos. 

As pontas são representações dos elementos: Espírito, Terra, Ar, Fogo e Água. 

 

Espírito: Deus e Deusa.
Terra: Fertilização e crescimento.
Ar: Comunicação e criatividade.
Fogo: Agilidade e transformação.
Água: Emoções e força.


A Lei Tríplice

 

 

“Tudo aquilo que fizer retornará a você nesta vida triplicado por três”

Um dos maiores princípios da Wicca, consiste em sua lei. O número 3 possui uma simbologia ligada ao  processo da vida, em que todo ciclo começa, se desenvolve e termina. Basicamente, o principio da lei da atração. Se penso no mal, atraio o mal. Se faço algo ruim, arcarei com as consequências.


5 mentiras sobre a Wicca
 

1. Não é realizado nenhum tipo de sacrífico em encontros Wiccas. 
2. Wiccanos não adoram o Diabo, odeiam Jesus ou queimam a biblía. Eles apenas acreditam em outras divindades.  
3. Orgias sexuais não são influenciadas nos ritos. Embora os wiccanos respeitem a diversidade sexual, isso parte do livre arbítrio. 
4. Não existe nenhuma Bíblia negra ou do Diabo. O que existe na Wicca é o Livro das Sombras. Um diário que além de segredos, guarda referências de como praticar magia, por meio de ervas, pedras, florais e afins. Livros que são passados por gerações. 
5. A religião não apoia magia prejudicial e não incentiva que os seguidores machuquem outras pessoas, seja por meio de magia, fisicamente ou emocionalmente.

Assim como na astrologia e na numerologia, a Wicca é guiada pelo universo. Os Wiccanos são bruxos e bruxas, incompreendidos pela sociedade, muitas vezes perseguidos religiosamente e erroneamente.  

Juliane Rodrigues

+ artigos

Escritora de devaneios, aspirante a roteirista. Wicca. Apaixonada por cinema, história, filosofia, psicologia e astrologia. Produtora audiovisual. Redatora de cultura pop e cinema no site Proibidoler.com.