por Leonardo Aluizio

A língua e a acupuntura

Alguns pacientes me perguntam: O que tem de tão importante na língua?
 
Se você não entendeu nada eu explico.
 
Muitas vezes quando atendemos pacientes utilizando a Medicina Tradicional Chinesa e a acupuntura, pedimos para eles colocarem a língua para fora. A simples observação da língua pode nos mostrar dados importantes sobre o atual estado de saúde do indivíduo e tal tipo de informação pode ser de grande valia na elaboração do diagnóstico final.
 
A medicina chinesa lida com o Qi (energia) e o aspecto energético dos órgãos pode ser avaliado através da inspeção da língua. As alterações da cor, textura, saburra (aquela camada esbranquiçada que recobre a língua) associadas aos locais onde se encontram, oferecem dados sobre o atual estado interno do indivíduo.
 
A língua é dividida em partes, sendo as laterais relacionadas ao fígado (GAN), a ponta ao coração (Xin), a parte de trás aos rins (Shen), na porção anterior, logo atrás da ponta da língua é a área do pulmão (Fei) e a região mais central da língua corresponde ao baço (Pi), logo as alterações visíveis dessas áreas sugerem problemas em seus respectivos órgãos, tanto do ponto de vista energético, quanto físico.
 
Vamos exemplificar: Se uma língua apresenta a ponta bem vermelha sugere um alteração energética do coração (Xin), isto é, o vermelho em excesso demonstra uma maior presença do Yang em relação ao Yin e isso pode acontecer nos estados ansiosos. Mas calma, se você pensou que a ponta da língua vermelha pode se traduzir em um problema cardíaco a linha de pensamento é um pouco diferente. Lembre-se que lidamos com energia e estamos falando de um padrão energético alterado que atinge o órgão coração e seu respectivo meridiano (para mais informações, leia nosso portal por aqui sobre Acupuntura). Nem sempre essa alteração indica um problema físico. 
 
Quando você for a um acupunturista, de preferência não escove a língua pelo menos um dia antes, pois de uma certa forma pode prejudicar o diagnóstico inicial do profissional. A saburra lingual, tanto em sua cor quanto em sua consistência, pode revelar alguns dados importantes sobre o paciente. A saburra normal é fina, esbranquiçada e úmida. Se ela se tornar espessa, indica mal funcionamento dos órgãos relacionados. Como ela se localiza principalmente na região central, ela é um espelho da função digestiva do paciente. Suas alterações de cor podem indicar excesso de calor (yang) ou frio (yin) no organismo.

Leonardo Aluizio

+ artigos

Médico Acupunturista pela AMBA (Associação Médica Brasileira de Acupuntura) e pelo Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura (CMBA), Otorrinolaringologista pela Associação Médico-Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL- CCF) além de cartunista.

site dotorrino.blogspot.com

twitter @drleoaluizio

fone (11) 2097-9200 ou (11) 2098-0035

email leonardoaluizio@hotmail.com

blog fabulososrabiscos.blogspot.com