por Equipe Horóscopo Virtual

Casas vazias no mapa astral: O que significam?

Quem decide analisar seu mapa astral pela primeira vez pode se assustar vendo a presença de algumas casas vazias. Em primeiro lugar, é preciso compreender que isso faz parte do mapa, afinal, existem 10 planetas para 12 casas, ou seja, sempre haverá casas vazias. A ausência de planetas não significa que você terá problemas nesse aspecto, ou que nada acontecerá na sua vida. Por exemplo, uma casa 1 vazia não é sinal de que você não tem personalidade, não é?

Passado o susto, é hora de entender o que isso significa. Uma casa vazia quer dizer que você não irá gastar energias naquele aspecto da sua vida. Pode significar poucas emoções, ou que aquilo não será uma prioridade para você. Por exemplo, uma sétima casa vazia não é sinal de ausência de relacionamentos, mas talvez apenas um romance tranquilo e sem grandes agitações. Ou, uma segunda casa vazia não é sinal de pobreza, mas que a busca por dinheiro ou valores materiais não desperta a sua atenção.

Porém, uma casa vazia pode exigir mais esforço de sua parte para desenvolver aquele aspecto. Isso tem muito a ver com a posição que a casa ocupa no mapa. A ausência de planetas em casas angulares (primeira, quarta, décima e sétima) indica que há dificuldades em dar o primeiro passo e iniciar projetos. Casas sucedentes (segunda, quinta, oitava e décima primeira) vazias são sinal de que a pessoa tem dificuldade de se focar no resultado final de suas ações, ou fazer planos a longo prazo. Já casas cadentes (terceira, sexta, nona e décima segunda) vazias indicam que a pessoa tende a não aprender com as experiências do passado.

Para interpretar quais são as suas tendências numa casa vazia é preciso analisar a posição do planeta regente do signo da cúspide daquela casa (cúspides são as linhas que determinam o início de cada casa astrológica), já que as experiências regidas por ele serão levadas à casa na qual ele está. A localização e aspecto do planeta, então, darão indicações sobre as experiências que a pessoa viverá.

Acima de tudo, é preciso compreender que o mapa astral não é algo estático. Nossas experiências de vida e o tempo alteram o trânsito dos planetas em nosso mapa e, assim, o ciclo de energia de cada casa. Quando um planeta entra numa casa até então vazia, deveremos dar mais atenção àquele aspecto. Portanto, apenas uma análise completa do mapa é capaz de determinar diferentes características em cada fase de nossa vida.


Artigo escrito por Ana Beatriz Monteiro da Equipe Horóscopo Virtual.

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.