por Erickson Rosa

Como melhorar seus relacionamentos

Segundo as maiores pesquisas realizadas pela psicologia positiva, existem 3 fatores que trazem felicidade ao ser humano. Normalmente, esses fatores são ignorados, pois aprendemos a valorizar outras coisas que acreditamos trazer felicidade.

De um modo geral, as pessoas buscam a felicidade em 3 pilares: status social, dinheiro e fama. A grande maioria acredita que, alcançando esses 3 objetivos, a felicidade virá. O que se descobriu nas pesquisas realizadas (e que você também pode ver no documentário Happy) é que, quando as pessoas ganham ou alcançam qualquer um desses 3 objetivos, ficam felizes, mas com o passar do tempo aquilo não faz diferença para a felicidade. Por exemplo, se a pessoa ganha um valor mensal de R$ 100 mil e passa a ganhar R$ 200 mil, esse fato não altera a felicidade que ela sente.

O que se verificou foi que os 3 pilares da felicidade são a conexão com outras pessoas, o senso de propósito e o altruísmo. Nesse texto, quero me focar na conexão com outras pessoas, pois, se a felicidade está ligada ao sentido de comunidade e de estar com os outros, precisamos desenvolver a habilidade de nos relacionarmos de uma maneira positiva. 

Por essa razão, decidi escrever 3 dicas altamente eficazes para melhorar seus relacionamentos:

1ª Aceite as diferenças 

Se, durante uma chuva, você pudesse analisar as gotas em um microscópio, veria que cada uma é única, mesmo sendo parecidas, porque a natureza jamais se repete. Da mesma forma, somos nós. Cada pessoa é única e tem uma vivência que construiu suas certezas a cerca da vida. Muitas vezes essas certezas diferem das suas e não há nada demais nisso. A pessoa não é o inimigo só porque não vê o mundo da mesma forma que você. Assim também você poderá se beneficiar de outras visões de mundo diferentes da sua.

2ª Aprenda a ser compassivo

Ter compaixão é entender o mundo através da visão do outro. É entender as limitações que aquela pessoa tem em suas relações. O perdão também é gerado pela compaixão e com ele não deixamos que os atritos e as diferenças acabem com as relações. Quando somos compassivos, podemos apaziguar as relações e deixar que o outro se manifeste de seu jeito único de ser. Não criamos condições para os relacionamentos e sim possibilidades de conexões.

3º Gere benefício às outras pessoas

Quando beneficiamos as outras pessoas, aumentamos nossa conexão com o outro. Mas para isso precisamos ver o mundo com os olhos do outro, pois o que é benéfico para mim pode não ser para o outro. Da mesma forma, não devemos criar expectativas quanto aos resultados de nossa ajuda, pois, se ajudamos e a pessoa não aproveita nosso auxílio, ficamos frustrados e irritados com o outro. Então, devemos ajudar sem esperar nada em troca nem que a outra pessoa aproveite a oportunidade.

Se gostou desse texto, comente abaixo e também compartilhe com um amigo. Tenho certeza de que ele vai adorar o presente. Um grande abraço e que a felicidade esteja sempre presente em sua vida.

Erickson Rosa

+ artigos

Terapeuta holístico, Mestre Reikiano e formado em psicoterapia holística. Fundador do Coach Matinal e autor do e-book Ansiedade Sem Remédios. Ministra cursos e eventos com temas como a motivação, psicossomática, fisiognomonia e meditação.