por Selma Godoy

Dando um “upgrade” na autoimagem – Parte 4

Neste artigo vamos dar continuidade aos fundamentos da boa autoestima, em seu quarto item, que é a autoafirmação.

Vamos retomar os passos que já aprendemos. Estamos ligados ao que se passa na mente e no que está rolando lá fora, assim como, em como estamos nos comportando diante das situações, “na boa”, sabendo que tudo que rola é gerado por condicionamentos e, neste instante, decidimos nos dar total apoio.

Afirmar-se é: estar ao lado, se dar ouvidos, é oferecer os ombros quando for preciso, é se proporcionar estímulos, se “pegar” de jeito quando estiver extrapolando na queixa e no “corpo mole” e reconhecer a boa vontade e os pequenos acertos ou, no mínimo, as tentativas.

Você já reparou que há gente fazendo sucesso com coisas de todos os tipos, e cá para nós, com produções de qualidade extremamente duvidosa? Você já se perguntou a causa disso? 

Ao que parece quanto mais “relax” e “desencanado”, mais a coisa anda. Pode notar, aquele que gosta do que faz, assume os próprios projetos a despeito de todas as opiniões contrárias e se diverte, acaba saindo na frente. Isto nos faz concluir que o reconhecimento dos próprios atributos gera melhores resultados do que a excelência. Inclusive, no processo de elaboração de um trabalho, o fator capricho traz bons efeitos porque gera prazer, já a autocrítica exagerada traz autossabotagem.

Vamos aproveitar o tema para através do exercício seguinte aprender a dar reconhecimento a si próprio.

Encontre motivos, ainda que “pequenos”, para dizer para você as seguintes qualidades de você para com você mesmo. Qualidades a evidenciar, tais como: pontualidade, concentração, cuidado, carinho, capricho, disciplina, dedicação, delicadeza e boa vontade.

Faça frases de reconhecimento como as dos exemplos abaixo:

- Eu fui trabalhar de carro e peguei um trânsito maluco. Tive que estar bem concentrado. Eu reconheço que estou aprimorando minhas habilidades!

- Estou me exercitando três vezes por semana. Fico feliz por estar sendo carinhoso comigo.

Dedique-se a encontrar novas qualidades em você e perceberá que a vida responderá com formas inusitadas de premiação.

Na próxima semana, vamos finalizar esta série de artigos falando da integração. Até lá!

 

Confira também: Parte 1 • Parte 2 • Parte 3 • Parte 4 • Parte 5 • Parte 6

Selma Godoy

+ artigos

Terapeuta de Aconselhamento. 20 anos pesquisando Espiritualidade, Comportamento e Psicologia.