por Patrícia do Oriente

Estar só: uma condição ou estado de espírito?

Este assunto estava sendo discutido em um grupo de amigas e comecei a observar cada colocação. Uma dizia que não conseguia ficar só, que preferia aceitar os maus tratos do companheiro em troca de uma pseudocompanhia. Outra dizia que, mesmo estando rodeada de pessoas, sentia-se sozinha e vazia.

Quando de repente perguntaram a uma moça loira o que significava estar só e ela, com um sorriso maroto, respondeu: "Estar só é uma condição ou um estado de espírito. Eu mesma nunca estou só, sempre estou comigo mesma e não existe melhor companhia". E simpaticamente começou a exemplificar.

"Estando só, posso sentar com as amigas para papear e a única pessoa que deverá saber disto sou eu mesma. Estando só, posso fazer coisas de que gosto sem me preocupar se vai desagradar alguém. Estando só, sou responsável por minhas escolhas, enfrento meus dragões, meus medos e no final sempre me mantenho firme".

Quando você se assumir ser só, e a glória chegar, perceberá que só você basta e desejará que a outra pessoa seja a soma daquilo que você sempre sonhou.

Patrícia do Oriente

+ artigos

Espiritualista, reikiana, traz o dom herdado de seus antepassados, contando com a força da Cigana do Oriente, desenvolveu em sua jornada uma conexão profunda com o Baralho Cigano, aperfeiçoando seu conhecimento na Escola Esotérica Daniel Atalla.
Com intuição apurada procura sempre auxiliar e orientar. Através da vidência com o auxilio de cartas, interpreta o futuro através da compreensão dos fatos que acontecem na sua vida.