por Vinícius Francis

Os Elohim - Tudo Sempre Teve a Ver Comigo e Com a Minha Conexão Interior

O coração humilde é o coração feliz. Não há maior postura de humildade do que ser feliz, pois humildade é o reconhecimento da própria natureza e sua aceitação. 

Então, baseados nisso, podemos dizer que a atitude mais humilde que existe é a de ser feliz. Isso é tudo o que vocês são. Nesta palavra contém todas as boas coisas que vos pertencem e todas as dádivas divinas que tanto procuram.

Como vocês estão se sentindo? Estão aproveitando a viagem no orbe terreno que chamam de Terra? Como andam as coisas para vocês sobre o solo material do globo azul? Antes de descerem aí e assumirem estes corpos densos, fizeram planos, os melhores possíveis. Antes de abrirem as portas da experiência física estavam ávidos pelo melhor. Era isso o que sentiam ao tomarem a decisão de renascer aí, neste mundo.

Muitos pensam que foram para a Terra vítimas de um castigo ou como punição por terem errado num plano superior. Não há erros. Não há enganos. Sempre tudo se tratou de uma questão vossa consigo mesmos. Se renasceram como seres humanos é porque esse desejo pulsou em vosso interior. Precisavam viver uma experiência onde o contraste vos inspiraria a muito mais do que o que viviam, até então. Vocês mesmos, desejaram por isso, a partir do momento em que as coisas se tornaram mornas, ou tão intensas, que precisavam explorar novos horizontes, outros ares e cenários.

E fizeram assim, conforme estamos falando. Seria como se estivessem em uma linda praia, numa tarde quente de verão. E ali permanecessem por um tempo curtindo o mar, o Sol, a areia, a paisagem e as pessoas. E de repente, chega um momento em que dizem a si mesmos: Cansei deste lugar! Ele é lindo, porém, eu poderia visitar outra praia que fica a cinquenta quilômetros daqui.

Daí, vocês se levantam e seguem a jornada até a outra praia, que aguarda novas experiências. Vocês fazem isso com muitas coisas na Terra, restaurantes, lojas, carros, roupas. Aquilo que não vos provoca mais, o novo torna-se naturalmente desinteressante. E anseiam pela mudança. Nunca se tratou necessariamente de uma desconexão com a fonte para estarem aí. Vocês veem por esses olhos porque estão desconectados. Só enxerga a vida na Terra como um fardo ou uma punição aquele que se desconectou de sua própria essência.

E a partir do momento em que estão assim, todas as coisas, por esse ângulo verão. 

Por que a viagem para o orbe azul não pode ter sido um plano feliz, como os que vocês fazem para as férias de verão? Por que a vossa reencarnação aí não pode ter sido uma experiência que esperavam por muito tempo, como um consórcio, do qual fizeram parte e finalmente, foram contemplados? Nós temos a resposta: 

Porque vocês estão desconectados do melhor. E assim, veem tudo de forma negativa.

Sentem saudades, sentem falta de algo que não está aí. E fazem isso sempre que estão gravitando fora do fluxo positivo. Quando estão nele abençoam a vida, quando estão nele tudo é simplesmente lindo, e agradecem, comemoram, celebram o fato de estarem vivos. Porque quando estão assim, significa que se conectaram com o plano original, o de ser feliz.

A maioria acha isso muito pouco: _ Simplesmente ser feliz, e mais nada?

_ Bom, primeiro nos respondam: São felizes?

_ Ah não, Elohim, ainda não!

_ Então, como querem as outras coisas? Como acham isso pouco? Se fosse pouco já seriam felizes, não concordam? Mas no íntimo sabem que não é. De fato, é tudo o que realmente desejam. No entanto, se perdem nos desacertos e nos questionamentos vazios sobre o que estão fazendo aí.

A resposta perfeita seria esta: Estou curtindo as minhas férias programadas há muito tempo. Esperava ansiosamente por esse momento, e ele chegou. Agora que chegou, vou vivenciá-lo da melhor maneira, vou desfrutar cada segundo harmoniosamente com o meu Eu, com a minha intenção maior de Amor e Bem.

Pensam negativamente da Terra porque estão fora do fluxo acelerado do Bem. 
Pensam mal de vossos governantes porque saíram da corrente de bem estar. 
Procuram amor nos outros porque estão fora. Consideram o vosso país como atrasado por gravitarem para o eixo onde as coisas são vistas desta forma. E por isso estão agora polarizados na insatisfação, que nunca teve a ver com o estado de vosso país e sim, com o vosso.

Reclamam da TV porque estão fora. Reclamam de vossos salários porque fluem na conexão oposta. Consideram os homens ruins porque estão navegando contra a maré. E inclusive se esquecem de que vocês mesmos, são homens, como os outros, que julgam serem maus. Como alguém dentro do fluxo pode apontar o dedo para seu semelhante e dizer que ele é mau? Por que ele é mau? Porque está fora da conexão? 

Dizemos que aqueles que percebem os desconectados, desconectados estão. Porque os semelhantes se veem, se reconhecem e se atraem.

Percebem o mal das coisas porque estão fora. Se estivessem dentro notariam o Bem e dele se alimentariam diariamente. Não se trata do Bem ou do mal do mundo. Não se trata de saber se as coisas vão bem ou não, se o dinheiro flui ou não flui, se o amor acontece pra vocês ou não. Não se trata do governo, se vai melhorar ou não. Nunca foi sobre um governo justo, nunca foi sobre as músicas boas que deixaram de ser compostas, nunca foi sobre os bons filmes que não existem mais. 

Nunca foi sobre os valores que se perderam. Nunca foi sobre nenhuma ilusão ou falsa esperança, e isso vocês se dão muito. Tudo sempre foram sobre vocês mesmos, individualmente, e vossa conexão com quem realmente são e com o Bem que floresce em vosso ser.

O tempo todo, tudo sempre teve a ver com isso e com nada mais. E vos perguntamos: Quando irão cessar essas desculpas e se ligar no que realmente está acontecendo?

_ E o que está acontecendo? (vocês perguntariam).

_ Vocês estão desconectados. Estão fora do fluxo, estão gravitando para o eixo oposto. E o que farão com isso? Se lamentarão até que as coisas mudem? Não, sugerimos que façam diferente. Sugerimos que voltem para dentro do fluxo, que mergulhem de ponta em vosso bem estar e vivam buscando incessantemente por aquilo que tem sentido e alegria pra vocês. Nunca se baseando em nada e nem ninguém, apenas na própria inspiração. Deixem que ela vos leve. Soltem, soltem, soltem e se permitam ir para dentro.

Quando entrarem realmente neste fluxo e novamente abrirem os olhos para o mundo, dirão a frase que já citamos:

Ah, é verdade, tudo sempre foi sobre mim e minha conexão. Este mundo é lindo! Que bom saber que estou aqui! Que benção ter nascido nesta era. Que maravilhoso ser humano e viver no meio de tantos como eu. E o mal? E o que estava errado? Isso existia mesmo? Isso era mesmo real? Interessante, não estou vendo nada disso, apenas o Bem se expandindo em tudo e em todos. Sim, tudo sempre teve a ver comigo, sempre a ver comigo e nada mais!

Apreciem a viagem! Haja luz!

Vinícius Francis

+ artigos

Vinícius Francis, escritor, canalizador e terapeuta metafísico, cujo trabalho desenvolve-se com base na psicologia humana, espiritualidade, leis do Universo e magia branca, com o objetivo de despertar a consciência divina e resgatar a essência do ser, ofuscada pela educação social e religiosa distorcida.
Sua filosofia de vida é pautada numa espiritualidade independente, onde a felicidade e bem estar são o alicerce de uma vida rica e satisfatória.
Loja Virtual: os-filhos-da-alva.blogspot.com.br