por Thátyla Carvalho

Saiba mais sobre o horóscopo chinês

Reza a lenda chinesa que Buda chamou todos os animais para a festa de Ano Novo. Porém, apareceram somente doze animais na celebração: Rato, Boi, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Cabra, Macaco, Galo, Cão e Porco. Como gratidão pela presença, Buda presenteou a cada um com um ano.

Diferente do zodíaco ocidental (dividido em 12 meses), o zodíaco chinês é baseado no calendário lunar (dividido em 12 anos). Cada ano é regido por um animal, que influencia na personalidade e vida das pessoas nascidas naquele ano. Descubra qual animal você é no Horóscopo Chinês clicando aqui.

Confira abaixo a personalidade de cada signo:

Inteligente, sincero, detalhista, ambicioso e bem humorado. O rato é aquele que está sempre rodeado de amigos, é uma companhia muito agradável. Mas também pode ser rabugento, avarento e intrometido. Aprecia o trabalho, pois gosta de segurança. No amor é generoso e sentimental.

 

Quem nasce no ano de Boi é conservador, bom ouvinte e disciplinado. É aquela pessoa que você pode contar, porque honra a sua palavra e é muito responsável. Geralmente o nascido no ano de boi é bem sucedido – isso se deve ao trabalho árduo, a determinação e a perseverança. Porém é um pouco fechado e não gosta de expor os seus sentimentos.

 

As pessoas do ano de Tigre são otimistas, ativas, generosas e sinceras. Quando acreditam em algo, se jogam de corpo e alma. Isso pode levar o tigre a correr riscos e quebrar regras. No amor, são românticos e bem humorados. Mas são um pouco egoístas e indecisos.

 

Coelhos são espertos, inteligentes e sensíveis. Gostam de paz e usa a diplomacia para conquistar a harmonia onde quer que esteja. Porém, não tem medo de brigar para defender os seus interesses. São discretos e gostam de se preservar. Podem ser oportunistas e vaidosos.

 

O Dragão possui um magnetismo natural, dificilmente não é notado. Corajoso, independente e um pouco rebelde, pois detesta seguir regras. É um signo ativo, gosta de ação e de se sentir útil. No amor são devotados e generosos. Mas o lado negativo é o orgulho, a teimosia e a impaciência.

 

As serpentes são reservadas, autoconfiantes, místicas e muito inteligentes. Possuem uma intuição aguçada e são muito desconfiadas, apenas confiam nelas mesmas. Misteriosas, as pessoas deste signo têm um charme e elegância natural. São amantes apaixonadas e sedutoras. Porém, são extremistas, possessivas e impiedosas.

 

As pessoas de Cavalo são encantadoras. Amantes da liberdade, jovens, independentes e sagazes. Eles gostam de natureza, ação, aventura e odeiam rotina. Na família são dedicados, leais e carinhosos. O lado negativo do Cavalo é o egocentrismo e o atrevimento.

 

A Cabra é sonhadora, altruísta e gentil. Extremamente compreensiva, porém não gosta de críticas. Ela é persistente, consegue manipular a todos pelo cansaço. Tem uma alma artística, é romântica e gosta da natureza e do conforto.  O seu problema é o pessimismo, dependência e indecisão.

 

As pessoas de Macaco são muito divertidas, espontâneas e agradáveis. Adoram jogar, brincar, discutir sobre diversos assuntos e tiram proveito de tudo o que fazem. São muito hábeis e inteligentes, confiantes e engenhosos. Mas também podem ser oportunistas, ardilosos e intrometidos.

 

Os Galos são ambiciosos e corajosos. Gostam de chamar a atenção, sempre acham que são os donos da verdade e nunca recuam de uma briga. Naturalmente intelectuais, também são pessoas divertidas e até populares. Com eles ou é 8 ou 80. O lado negativo é a presunção e o ciúme.

 

São pessoas muito leais, observadoras, carismáticas e francas. Possuem um senso de dever, adoram lutar por uma causa e detestam injustiças. Podem ser um pouco desconfiadas, mas no amor são fiéis e generosas. O problema do Cão é o pessimismo, a teimosia e o excesso de preocupação

 

Este signo é popular, honesto, simples e caloroso. A bondade do porco pode acabar atraindo pessoas que abusam da sua generosidade. É uma pessoa determinada, forte, romântica e sensual. Porém, pode ser preguiçosa, abusada, compassiva demais e autodestrutiva.

Thátyla Carvalho

+ artigos

Jornalista de profissão, bailarina por vocação e violoncelista por diversão. Amante dos livros, canceriana e chocólatra.