por Silvana Giudice

Você sabe o que é um amuleto?

De acordo com Plínio, autor romano do primeiro século, o amuleto é um objeto que protege as pessoas dos problemas.

Os amuletos tanto podem ser objetos naturais como criados pelo homem, entre os seus tipos mais comuns destacam-se ferradura, pés de coelho, joias, pedras, ossos, conchas, chifres (muito popular entre os descendentes de italianos).

Entre os muitos amuletos importantes do antigo Egito estava o escaravelho (na forma de um besouro), que simbolizava a ressurreição dos mortos e a vida eterna, usado para proteção contra todas as modalidades do mal.
 
O amuleto nefer, que mostrava uma ligeira semelhança com a miniatura de um ataúde, era bastante valioso por causa de sua poderosa capacidade de doar força física, juventude, boa sorte e alegria para quem o usasse.

Os amuletos sob a forma de sapo eram consagrados a deusa Hequet e usados para assegurar a fertilidade feminina.

Os amuletos sob a forma de urubu eram usados por todos aqueles que necessitavam de força e impetuosidade.
 
Os ciganos acreditam piamente nos poderes malévolos do mau-olhado que eles chamam de berufen (encantamento do olhar) ,e por isso mesmo a maioria dos amuletos são criados para oferecer proteção contra mau-olhado. Sinos, leques, apitos, franjas, moedas, conchas, alhos e serpentes são alguns dos símbolos contra mau-olhado.
 
E você então estaria pensando: “Mas, o uso dos amuletos realmente funcionam?”. 

Os amuletos, simpatias, talismãs, entre outros só se tornam capazes de mudar as circunstâncias que cercam nossa vida quando acreditamos piamente neles. Portanto, a fé é o único aspecto que constitui o verdadeiro poder oculto dos amuletos. 

Crie o seu próprio amuleto

Acredita-se que os amuletos criados pelas nossas mãos possuem poder e boa sorte.
Você poderá usar folhas de plantas, casca de árvores, ervas, frutos, pedras, metais, ímãs, areias, rochas, terra, pedras, substâncias orgânicas (âmbar, coral, marfim, pérola) penas de aves e até insetos.
 
Ao confeccionar seu próprio amuleto lembre-se que é o seu poder o que mais conta. Por isso, nesse momento se encha de bons pensamentos. Imagine ele te trazendo proteção, boas energias, sorte, simpatia...
Neste momento você poderá se cercar de uma atmosfera mágica, colocando um incenso, um aroma, uma música suave…

No mais, use sua criatividade e sua magia pessoal.

Temos poder, sabia?

Silvana Giudice

+ artigos

Paulistana, formada em pedagogia e Terapias Holísticas. Trabalho com Tarô há mais de quinze anos. Acredito que é uma das ferramentas mais poderosas para a autoconsciência. Com o tarô você tem a chance de desenvolver suas próprias escolhas e jornada de vida. Eu leio e interpreto as cartas, mas é você quem escolhe seu destino ou vocação. O Tarô inspira, orienta, aconselha, abre novos horizontes e perspectivas diferentes para vários fatores da sua vida. Sejam questões profissionais, amorosas ou na realização pessoal.

Atendimentos, aconselhamentos e conversas via e-mail.