Portal Feng Shui

O Feng Shui foi criado por mestres chineses há mais de 4000 anos e é estruturado pelos quatro elementos da natureza e pela energia Ch'i, a força vital que rege e administra o mundo.

Escolas do Feng Shui

Atualmente existem várias escolas de Feng Shui, que se desenvolveram ao longo do tempo.
Escola da Bússola

É a mais utilizada no Oriente. Esta escola seleciona as condições propícias e o melhor espaço para se viver através de cálculos que envolvem o uso da bússola Lou Pan, compasso que possui agulha imantada sul/norte, com uma série de anéis contendo informações como: os cinco elementos, os signos animais, as oito direções, planetas e outros. A interpretação da Escola da Bússola é considerada bastante complexa, porque além do ambiente, valoriza também o ser humano por meio de seu mapa astral, seu elemento, número pessoal e os ciclos da astrologia chinesa.

Escola da Forma

É a mais tradicional do Feng Shui. Tem como foco principal a observação minuciosa das formas, cores, texturas e a simbologia no universo humano. Este conhecimento é aplicado na análise do relevo, do terreno, da planta da casa, dos objetos, etc. Também é feito um estudo dos pontos cardeais.

Escola do Budismo Tântrico

Também conhecida como Escola do Chapéu Preto é a mais usada no Ocidente. Esta escola é uma versão prática e eclética do Feng Shui, baseada na intuição e no conhecimento místico, sua prática inclui a observação e as curas físicas da Escola da Forma associadas a práticas de caráter metafísico. Foi fundada pelo mestre chinês Lin Yun, residente na Califórnia, EUA que uniu preceitos do Feng Shui à filosofia do budismo tântrico tibetano. Nesta escola utiliza-se o Baguá e sua interpretação simbólica. Foi fundada pelo mestre chinês Lin Yun, residente na Califórnia, EUA que uniu preceitos do Feng Shui à filosofia do budismo tântrico tibetano.

Escola da Pirâmide

A Escola da Pirâmide busca interpretar os conceitos do Feng Shui de um ponto de vista ocidental contemporâneo. Fundada pela consultora norte-americana Nancilee Wydra, que fez uma correlação entre a ciência moderna e o Feng Shui. Filtrando os “aspectos culturais do Feng Shui” e com uma ótica psicológica, a Escola da Pirâmide visa adaptar o Feng Shui à cultura, às condições climáticas e ambientais do mundo ocidental.

Xuan Kong Fei Xing ou Estrelas Voadoras do Tempo-Espaço

Considerada como sendo a teoria mais sofisticada do Feng Shui, é amplamente utilizada na Ásia. Em razão de sua complexidade e dificuldade de tradução dos termos utilizados, somente nos últimos anos do século XX tornou-se conhecida no Ocidente. Em Chinês, "Xuan" significa Tempo e "Kong" significa Espaço. A técnica das Estrelas Voadoras é chamada de "Xuan Kong Fei Xing", que pode ser traduzida como Estrelas Voadoras do Tempo-Espaço. A sua aplicação utiliza raciocínio lógico com fórmulas matemáticas e se refere a quatro aspectos: Tempo, Espaço (construções), Ambiente (entorno) e Pessoa. Analisa como a influência vibracional do ambiente e do espaço produzida pelo Homem age sobre a saúde e a prosperidade das pessoas ao longo do tempo. Esta é uma visão dinâmica do Feng Shui através da qual é possível verificar que a qualidade da vibração de um ambiente muda ao longo do tempo se não for renovada. Esta influência é demonstrada pelo que denominamos de "Mapa das Estrelas Voadoras". Nesta escola, utiliza-se a bússola Lou Pan para encontrar a orientação magnética da construção.

Ba Zhai - 8 Palácios

A Escola Ba Zhai (ou Pa Chai) é considerada o mais novo método do Feng Shui Clássico (os historiadores datam em 300 anos a origem dessa escola), porém, suas bases se relacionam diretamente com a formação da Tradição San-He, há mais de 1000 anos. Para essa técnica, utiliza-se uma bússola, que pode ser simples até as famosas Luo Pan dos consultores tradicionais. Esta técnica baseia-se num estudo fixo do local, e o seu uso prático. É recomendado para constatarmos as relações entre os moradores e a moradia. No Ba Zhai, quanto mais estruturado o lote ao Luan Tuo (estudo do meio externo) e a casa com relação à forma (plantas baixas estáveis, principalmente com forma regular), maior é a influência das curas. Para obtermos o máximo das informações que essa técnica nos possibilita, é necessário conhecermos profundamente as teorias básicas sobre a Escola da Forma, bem como os Conceitos de formação do Ho Tu e Luo Shu, e as respectivas compatibilidades entre a casa e os moradores.