por Equipe Horóscopo Virtual

Diretor de cinema de cada signo

O cinema nos alegra, nos emociona, nos encanta. E, por vezes, também faz com que vejamos nós mesmos nas histórias, seja porque um filme reflete nossos sonhos, nossas crenças ou nossa perspectiva de vida. E essa influência pode vir de características regidas por nosso signo. O estilo de alguns dos maiores diretores do cinema por vezes também acompanha diferentes traços do zodíaco. Então, que tal conhecer qual diretor representa o seu signo? Vale lembrar que essa lista não se baseia no signo verdadeiro dos diretores, mas sim nas características que eles costumam exibir em seus filmes.

Áries — Akira Kurosawa

Tendo nascido numa família de samurais no Japão e iniciado seu trabalho como diretor durante a Segunda Guerra Mundial, Kurosawa não apenas é um nativo de Áries, mas sua vida também foi cercada de influências arianas que eram evidentes em seus filmes. Kurosawa projetou o cinema japonês para o mundo e influenciou muitas obras ocidentais. Com filmes que abordavam violência, guerra, vingança e conflitos psicológicos de forma minuciosa e inovadora, foi um dos mais importantes diretores de seu país. 

Filmes marcantes: Os Sete Samurais; Yojimbo, o guarda-costas; Trono Manchado de Sangue.

Touro — Ingmar Bergman

O sueco Ingmar Bergman foi um dos diretores mais influentes de todos os tempos. Seus filmes tratavam de questões existenciais e reflexões sobre a condição humana. Por meio da arte, explorava seus conflitos internos com a paciência e determinação típica dos taurinos. Seus filmes são verdadeiros estudos psicológicos de seus personagens, cujo verdadeiro feito é persistir contra a solidão, angústia e até o abandono espiritual. 

Filmes marcantes: O Sétimo Selo, Morangos Silvestres, Quando Duas Mulheres Pecam.

Gêmeos — Steven Spielberg

Um dos mais aclamados diretores de Hollywood, Spielberg já provou que aprecia transitar por todos os gêneros do cinema, sendo extremamente versátil, mas sem abandonar seu estilo. Spielberg faz drama, comédia, ação, suspense e animação, desenvolvendo um trabalho inquieto e curioso. Não há tema que não se arrisque em abordar. Sua capacidade de criar histórias sobre diferentes universos e personagens históricos e futuristas é um traço da multiplicidade da mente geminiana.

Filmes marcantes: A Lista de Schindler, E.T. — O Extraterrestre, Indiana Jones.

Câncer — Wes Anderson

Os filmes do diretor americano Wes Anderson trazem uma estética única e marcante, mas são os seus temas que estão ligados a características cancerianas. A família está presente em quase todas as histórias, que também sempre trazem um forte tom nostálgico. Nem Anderson nem seus personagens se desapegam das evocações sentimentais que o passado traz. As temáticas, o escapismo e o cuidado visual de sua obra fazem de Anderson um dos mais criativos diretores atuais.

Filmes marcantes: Os Excêntricos Tenenbaums, O Grande Hotel Budapeste, Moonrise Kingdom.

Leão — Francis Ford Coppola

Membro importante de uma geração que revolucionou Hollywood, Francis Ford Coppola também foi o diretor responsável por estabelecer filmes de máfia como um gênero do cinema. Seus filmes são marcados por personagens marcantes, em posições de liderança, capazes de influenciar os outros. Suas histórias, sejam elas sobre a máfia, a guerra ou até sobre vampiros, geralmente estão focadas ao redor de uma figura central — nada mais leonino do que isso — cuja presença influencia todos os outros personagens.

Filmes marcantes: O Poderoso Chefão, Apocalypse Now, Drácula de Bram Stoker.

Virgem — Stanley Kubrick

O perfeccionismo dos virginianos se reflete bem na obra de Stanley Kubrick. Considerado um dos maiores cineastas de todos os tempos, seus filmes se caracterizam por uma atenção minuciosa aos detalhes. Cores, efeitos sonoros e música, tudo feito sob o olhar atento do diretor, eram arquitetados para criar o ambiente perfeito. Os filmes de Kubrick são capazes de evocar emoções intensas, mas foram construídos usando a lógica. Seja no terror, na ficção científica ou no drama.

Filmes marcantes: 2001 — Uma Odisseia no Espaço, O Iluminado, Laranja Mecânica.

Libra — Pedro Almodóvar

O aclamado diretor espanhol tem as mulheres como ponto alto de sua obra. E Libra é o signo que mais representa a feminilidade. Os filmes de Almodóvar trazem mulheres fortes, inseridas num contexto também cercado de mulheres. São amigas, família, o centro do universo de suas histórias. As inúmeras incertezas de seus personagens são abordadas por meio das relações afetivas entre eles, cada um a seu modo. Coloridos e vibrantes, os filmes do diretor têm um visual carregado e marcante que são sua marca registrada.

Filmes marcantes: Fale com Ela, Tudo Sobre Minha Mãe, A Pele que Habito.

Escorpião — Martin Scorsese

Em sua longa e bem-sucedida carreira no cinema, Martin Scorsese fez filmes de diferentes gêneros e estilos, mas algo em comum percorre toda a sua obra: a intensidade dos sentimentos. Ele mesmo, escorpiano, traz certas características de seu signo aos filmes que produz. Alguns de seus maiores sucessos abordam violência e vingança. O sangue frio e a grande capacidade de observação de seus personagens movem histórias profundas e comoventes.

Filmes marcantes: Os Infiltrados, O Lobo de Wall Street, Taxi Driver.

Sagitário — Quentin Tarantino

Aclamado pela crítica, sucesso de público e dono de um estilo único, Quentin Tarantino é um diretor revolucionário. Seus filmes, de roteiro não linear e cheios de violência, revelam a rebeldia dos sagitarianos, mas, principalmente, seu exagero. Tudo na obra de Tarantino vai além — dos diálogos memoráveis aos jorros de sangue que seguem cada golpe. A violência é, muitas vezes, encarada com humor. Um tipo sinistro de humor, mas que enche seus filmes de jovialidade. 

Filmes para conhecer: Pulp Fiction, Kill Bill, Bastardos Inglórios.

Capricórnio — Alejandro Iñárritu

O premiado diretor mexicano conquistou Hollywood e o mundo com seus filmes densos e brutais. Iñárritu é um verdadeiro workaholic, toda sua obra traz toques de um trabalho minucioso, por mais desafiadora que seja a filmagem. Seus filmes apresentam a sinceridade e a tendência à tristeza dos capricornianos. Mais do que isso, são persistentes. A trama segue sem dar espaço ao sentimentalismo, mesmo quando aborda tragédias. Seus personagens complexos dão o toque final ao cuidado que Iñárritu traz a seu trabalho. 

Filmes para conhecer: Babel, Biutiful, O Regresso.

Aquário — David Lynch

A originalidade e o surrealismo marcam a obra de David Lynch. O conceituado diretor americano tem uma filmografia sempre surpreendente e imprevisível. Seus filmes usam elementos fantásticos, oníricos e lógica não linear. A excentricidade de Lynch se alinha ao gosto dos nativos de Aquário pelo que é novo, alternativo, futurista. Lynch não se apega a fórmulas nem ao que é garantido. Faz animações, curtas, webséries e seriados de TV. A sua verdadeira marca é explorar o diferente.

Filmes para conhecer: Duna, Veludo Azul, Império dos Sonhos.

Peixes — Tim Burton

O estilo de Tim Burton é inconfundível. A força dos sonhos (e dos pesadelos) e o escapismo são marcas constantes em toda a sua obra e sentimentos naturais de todo pisciano. O diretor parte de um universo onírico para contar histórias que evocam os mais variados sentimentos humanos. No absurdo, Burton encontra romance, nostalgia, humor e sensibilidade. Tim Burton tem, inclusive, o apego típico dos piscianos. Pelo menos em relação aos seus atores favoritos, que estrelam vários de seus filmes.

Filmes para conhecer: Peixe Grande, O Estranho Mundo de Jack, A Noiva Cadáver.


Artigo escrito por Ana Beatriz Monteiro da Equipe Horóscopo Virtual.

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.