por Samuel Souza de Paula

Está difícil, e agora?

- Nossa amigo, o que aconteceu com você? – pergunta espantado.

- Minha vida não anda nada bem. Meus planos não deram certo, não estou gostando do meu jeito de lidar com as coisas, não estou gostando de mim. Está difícil viver.

- Faz quanto tempo que não o vejo? Uns três meses? Você estava tão alegre, tão cheio de energia, com tantos sonhos. Acho que você está passando pelo inverno da alma.

- Não sei se estou passando pelo inverno da alma, mais parece mesmo é o inferno da alma.

- Posso dizer uma coisa que aprendi? Acho que tem tudo a ver com o que falou.

Ele balança a cabeça sinalizando que gostaria de ouvir. Seus olhos se fixam no olhar do amigo como se buscasse uma gota de esperança e seu coração bombeia as pulsações do momento nos círculos e circuitos internos.

- Aprendi que não importa que eu esteja em uma posição de grande status na sociedade, se eu não tiver amor pelo que sou e faço, estou morrendo.

Aprendi que se eu olhar a natureza ela vai me ensinar as lições dos ciclos: o nascer, preservar, nutrir, semear, morrer e se transformar. 

Aprendi que se eu não der um tempo para mim mesmo e os meus sonhos, me sinto perdido.

Aprendi que fazer planos é bom, mas melhor ainda é saber lidar com os fracassos não como derrotas, mas como oportunidades de crescimento.

Aprendi que estar descontente comigo mesmo é um sinal de que estou mudando e que vem uma nova fase na espiral da minha vida.

Aprendi que céu e inferno esta naquilo que cultivo aqui dentro.

E aprendi que em qualquer desafio que eu esteja passando, sempre existe alguém que pode me inspirar com sua vivência de superação.

Amigo, o meu conselho é, procure alguém que já superou uma situação semelhante a que está passando.

Samuel Souza de Paula

+ artigos

Samuel Souza de Paula. Educador, Escritor e Consultor Bioxamânico. Estudioso do comportamento humano desenvolve trabalhos de integração entre corpo, mente e espírito.