por Mônica Aragon

Como driblar os sintomas da intolerância

"É impossível ser tolerante com o outro se não houver clareza no agora".

Podemos dizer que ficamos intolerantes em três estados: em relação ao nosso passado, ao nosso presente e ao futuro.

Em relação ao Passado sentimos angústia e raiva pelo que passou. Devemos considerar que fizemos o melhor, lembre-se que aqui não cabe julgamento e nem revolta, o passado é perfeito e teve permissão para existir.

Muitas vezes nos sentimos desconsiderados pela necessidade intensa de ajudar o outro ou nos culpamos por algo que julgamos que deveríamos ter feito. Não conseguimos desgrudar os pensamentos da situação e ficamos muito perturbados com o que passou. O sofrimento e a inconformidade denotam sinais de que a situação não foi concluída.

O importante é fazer uma retrospectiva, analisar e rever como você atuou. Isso vai dar mais clareza, traz consciência e permite que você não repita a situação. Aja, não fique paralisado, faça mudanças hoje; seja tolerante com você e vire a página, você fez o melhor que podia.

A intolerância em relação ao Presente nos sentimos paralisados. É quando não estamos satisfeitos com a situação que estamos participando. Ficamos intolerantes com nosso desempenho. Lembre-se que a situação presente tem permissão para existir e sempre há possibilidade de mudá-la. Então não despreze as oportunidades, o livre arbítrio só existe no presente. No agora você tem a real possibilidade de mudar seu destino. Todas as situações são válidas e as mudanças almejadas só acontecem no momento que você toma uma decisão e atua.

A situação estagnada traz sofrimento; a ação traz mudança, experiência e retorno material. Ao ter uma ação você sempre aprende o que não sabia e amplia suas possibilidades.

A intolerância em relação ao futuro, sentimos ansiedade queremos que nossos desejos aconteçam a qualquer preço. O futuro precisa de permissão para existir, também é importante ter humildade e tolerância.

Qualquer início necessita de permissão, da nossa experiência e de meios materiais. Muitas vezes quebramos a cara por não esperar o momento certo.

Quando existe uma vontade verdadeira, uma clareza ou uma decisão firme para mudar a vida sempre aparece uma situação favorável. Se houver obstáculos espere a hora certa.

Faça seu pedido para o universo, deixe sua mente tranquila e vazia, esqueça o que pediu e na hora certa os sinais aparecerão. Confie! É como plantar uma semente e esquecer dela, se você ficar cavando a terra toda hora para ver se ela esta germinando, naturalmente vai enfraquecer e morrer. O mesmo acontece conosco. É preciso ficar atento, conectado com o corpo, ficar centrado e tranquilo, assim você começa a ter a real possibilidade de enxergar os sinais; o canal abre, acontecerão coincidências, sonhos, intuições, etc. Quando você ficar com a cabeça cheia de pensamentos, tente tirá-los, perceba sua respiração e suas sensações, fique no agora, "o melhor lugar do mundo é aqui e agora", dessa forma rapidamente encontrará seu centro.

O futuro depende do presente, então a melhor coisa é ficar no agora e fazer o melhor, dar o melhor, procurar viver da melhor forma possível com tudo e com todos e o seu futuro será muito melhor.

A meditação, a observação continua de si e a prática de perceber o nosso corpo, nossa respiração, nos traz clareza, confiança, serenidade e também são os melhores remédios para esse sintoma.

Mônica Aragon

+ artigos

Historiadora, com larga experiência na área de autoconhecimento e fortalecimento do indivíduo em sua essência e seu todo, valendo-se de técnicas avançadas, que agregam valores ao desenvolvimento humano. Pesquisadora dos ensinamentos de G.I. Gurdjieff, Membro do Instituto e ONG Solaris, fundados por Sophia Mountian. É especialista em terapias holísticas: massoterapia, acupuntura, estética fácil a laser, seitai, florais de Bach, quiropraxia, touch for health (cinesiologia aplicada) e self healing. Criou a Alumihar, metodologia com terapias integradas, que trabalha o equilíbrio da energia mental, emocional e física, por meio de ferramentas, como: Terapia Corporal, Radiografia Energética e Tarô. Atua profissionalmente neste campo em consultório próprio e promove cursos, palestras e vivências sobre o conhecimento de si mesmo.

A vida é um caminho evolutivo, uma grande escola onde criamos nossos aprendizados, nossas descobertas e autoconhecimento. Cada dia, cada encontro, cada experiência vivenciada favorece o nosso crescimento como ser humano. Poder compartilhar desafios, perceber os próprios pensamentos, sentimentos e comportamentos, é uma grande satisfação e responsabilidade para mim.

fone (11) 3097-9298

celular (11) 98339-4252