por Erickson Rosa

O Reiki pode ajudar no amor?

Quando falamos sobre tratamentos holísticos, gosto de focar em uma palavra em si, o holístico. Holístico significa o todo, o completo, o totalitário.

O Amor, a vida amorosa, faz parte de nossa humanidade, e como o Reiki é um tratamento holístico, é de total sentido que aja também nessa parte de nossa vida.

No entanto, engana-se quem acredita que o Reiki irá trazer à sua vida aquele homem tão sonhado, ou então a mulher perfeita. O Reiki é uma energia do amor, e ele não fará o amor vir até você, mas sim libertará o amor que há em você.

Quando estamos carentes e tristes em nossa vida emocional, estamos na verdade carentes de amor. Essa carência faz com que depositamos toda nossa necessidade no outro. Praticamente, cobramos nosso cônjuge por amor, porque estamos famintos por amor.

Contudo, não estamos sedentos pelo amor do próximo, mas sim pelo amor que escondemos em nosso interior por nós mesmos. A carência nada mais é que uma forma que nosso coração encontra para nos falar sobre a falta de amor que estamos sentindo.

Existem outras formas de falta de amor próprio que expressamos sem perceber, como a automutilação, a raiva, a inveja, o orgulho, o auto-convencimento, e por aí vai.

O Reiki faz você despertar para uma verdade primordial: que você é um ser único e completo e por essa razão não precisa de mais ninguém para ser feliz, pois a felicidade encontra-se dentro de você.

Não estou dizendo que sozinhos somos mais felizes, estou dizendo que quando você estiver completo de amor, amor por si, pelo mundo, por quem está a sua volta, sua alma gêmea irá te encontrar.

A busca incessante por um companheiro ou companheira, só demonstra a carência da falta de amor em seu interior, ou então o medo absurdo de ficar na companhia de seu melhor amigo que você deveria adorar: você mesmo.

O Reiki age nesse padrão, fazendo você voltar ao seu centro, ao seu amor incondicional por si próprio. Quando você encontra esse amor, o amor encontra você. 

A harmonia que traz o Reiki ao seu chacra cardíaco e sacral faz com que você encontre seu equilíbrio amoroso com você e com o mundo que lhe cerca.

O equilíbrio do chacra cardíaco libera em você o amor incondicional por todas as pessoas e  coisas do mundo. Tira os pensamentos de egoísmo, soberba, raiva e ganância, que deixam o amor oculto em seu coração. Aos poucos vai liberando e trazendo a tona esse sentimento puro e belo.

Em nosso chacra cardíaco reside o equilíbrio, o amor pleno e verdadeiro, e quando liberado traz mudanças fundamentais à vida do ser humano. Não apenas a vida dele, como também daqueles que o cercam.

No chacra sacral, que é o chacra que fica três dedos abaixo do umbigo, encontra-se a energia dos nossos prazeres pessoais. Esse chacra é responsável por nossa libido, por nosso amor próprio e respeito por nós mesmos.

Quando estamos muito carentes, tristes com nossa vida, depressivos e sedentos por atenção, é um sinal de que esse chacra encontra-se em desequilíbrio. Essa falta de amor próprio faz com que tomemos atitudes negativas com nosso corpo e nossa vida.

Quando nos submetemos a um tratamento da energia Reiki, sentimos nosso chacra sacral abrir. Um profundo respeito e amor próprio tomam conta de nosso ser. Passamos a sentir o amor por nosso ser e, consequentemente, a transbordar esse amor e passar para quem está a nossa volta.

Logo, é por consequência que encontramos o mesmo amor no outro, pois semelhante atrai semelhante. Você verá que em seu parceiro existe um profundo respeito e amor próprio, e esse amor transborda até chegar a você.

Sua relação estará livre de carências e brigas por atenção e mais amor, livre de dependências emocionais e das chantagens. 

Em suma o Reiki não irá lhe ajudar a encontrar um amor, mas sim a redescobrir o amor que há dentro de você. 

 

Erickson Rosa

+ artigos

Terapeuta holístico, Mestre Reikiano e formado em psicoterapia holística. Fundador do Coach Matinal e autor do e-book Ansiedade Sem Remédios. Ministra cursos e eventos com temas como a motivação, psicossomática, fisiognomonia e meditação.