por Vanessa Mazza Furquim

A pessoa certa para nós realmente existe

Nós habitamos um mundo cheio de pessoas muito semelhantes a nós e também muito diferentes. Algumas pessoas vêm apenas para nos ensinar alguma coisa ou para colaborar em algum empreendimento. Têm aquelas que ainda se opõe a tudo o que fazemos ou dissemos, o que pode machucar nosso ego, mas que com certeza, eleva nosso espírito. 

De toda forma, numa mundo tão vasto de habitantes, é óbvio que existe aquele alguém certo, aquele ser humano complementar à nós, que não só desfrutará da nossa companhia, como acrescentará a nós significado, partilhando muito de si e também exigindo muito de nós.

Então, por que as pessoas têm tanta dificuldade em encontrar a pessoa certa?

Existem vários motivos para isso, entre eles:

1. A tendência à idealização:

Todos nós procuramos uma pessoa maravilhosa, praticamente isenta de maldades e defeitos. Linda por fora e por dentro. Só que, ao mesmo tempo, sabemos que isso não é possível. Ninguém neste mundo está neste patamar, inclusive nós mesmos. Então, como exigir algo de alguém, sendo que não poderemos retribuir à altura?

2. A dependência emocional:

Muitos não se amam e nem se apreciam como indivíduos. Isso faz com que procurem e se apaixonem por pessoas admiráveis, fortes e independentes. Depois, começam a demandar extrema atenção das mesmas, como uma forma de compensar a falta de estima por si próprios. Automaticamente, a pessoa bem-resolvida, não quererá servir de muleta e abandonará a relação.

3. Medo de ser feliz:

O famoso medo de se relacionar seriamente tem como base o medo de ser feliz, o medo do comprometimento. Aquela sensação de que você não será capaz de manter um relacionamento cheio de ética, carinho, respeito. Afinal de contas, nós nos responsabilizamos por quem cativamos, não é mesmo?

4. Síndrome do Controle:

Existem ainda aqueles que desejam ter garantias sobre tudo. Que pensam poder controlar a vida e as pessoas. Ficam se perguntando o tempo todo: e se esta pessoa se tornar ruim? E se o sentimento sumir? E se eu for traído? Entre tantas outras. Por não querer correr o risco de uma eventualidade que pode ou não acontecer, esse indivíduo desiste antes mesmo de tentar. Pois, estar sozinho para ele é estar no controle, além ser mais confortável. Porém, sabemos que ao mesmo tempo, ele nunca está feliz.

Há ainda pessoas que são os resultados de todas essas características conjugadas.

Apesar disso, para que possamos encontrar a pessoa certa é preciso, antes de qualquer coisa, parar de procurar. Não adianta! Focar demais nisso só causa ansiedade, que é uma energia que afasta as pessoas de nós. Depois, é necessário apreciar quem somos. Seguido pela aceitação de nós mesmos e dos outros.

"Para que possamos encontrar a pessoa certa é preciso parar de procurar.

Por isso, se você é bem-resolvido, cuida de si mesmo, tem confiança, aceita e perdoa os defeitos alheios e está vivendo tranquilamente neste mundo: trabalhando, estudando, se divertindo, você simplesmente se tornará uma pessoa irresistível e não faltarão oportunidades de escolher aquela pessoa que realmente lhe complementará e que ficará com você, não importa o que aconteça.

Não digo com isso que, quem é infeliz não mereça ser amado ou encontrar a pessoa certa para lhe ajudar a se reerguer. Porém, o bom senso diz que pessoas infelizes, mesmo juntas com pessoas amorosas, não conseguirão tornar aquele relacionamento feliz e estável, a não ser que resolvam mudar sua frequência vibracional.

Afinal de contas, não é melhor ser feliz por si mesmo e ser ainda mais feliz ao encontrar a pessoa certa do que só sentir alegria perto de alguém que admiramos?

Vanessa Mazza Furquim

+ artigos

Taróloga há 19 anos, atua profissionalmente desde 2007, com uma abordagem holística e terapêutica, agregando outros conhecimentos como Numerologia, Astrologia, Feng Shui, Linguagem do Corpo e Psicologia para compreender o cliente em sua totalidade.