por Silvana Giudice

Preocupado com dinheiro?

Qual é a ideia que você tem sobre o dinheiro? O montante "X" que você tem no banco? O ordenado "Y" que você recebe todo mês?

O dinheiro é um suprimento externo de uma atitude interna. Se hoje você tem uma bela fonte de renda porque possui um invejável cargo em uma empresa, me diga: O que acontecerá se você for despedido? Que pensamentos lhe ocorrem? “Meu Deus! Eu estou perdido... Como vou sobreviver?”. Assim embaixo, tal qual em cima, assim por fora, tal qual por dentro. Essa é a LEI!

Compreenda que o seu provedor (empresa) foi sua fonte de lucro durante um certo tempo, mas é a consciência espiritual, o conhecimento da lei o que lhe abastece e esta é eterna.

Dinheiro é um efeito, entretanto, quando nos concentramos no efeito, esquecemos a causa, que é a Fonte, Deus, Espírito Maior e o efeito começa a diminuir.

Pare de sofrer com o que quer ver se materializar. Isso fecha os canais, porque você fica ansioso, com medo, irritado, impaciente, desesperançoso, negativo, no mais começa a refletir no campo emocional e você pode descontar em quem menos merece: seus filhos, pais, irmãos, mãe.... Em quem você mais ama. Depois vem a culpa e o arrependimento, sem contar o preço que o seu corpo terá que pagar com possíveis problemas de saúde. Pense somente no Espírito de Deus dentro de você e esqueça os "comos" ocorrerão.

“Ah! Mas com a crise está tudo difícil, é preciso muita sorte, o mercado está saturado!”, em tempos de crise, muita gente ganha dinheiro porque continua acreditando em seu valor, sua capacidade de adaptação, merecimento e a coisa acontece como magia. Você começa a fazer um artesanato e começa a vender muito, encontra um amigo que diz que em seu trabalho estão precisando de um profissional com o seu currículo... Sim, é magico!

Vamos sair da falta, do marasmo, do sentimento de escassez... Movimente energia, faça qualquer coisa, ofereça ajuda a um amigo, faça um trabalho social, preencha o seu tempo! Coloque seus "dons" em ação e pare de pensar coisas ruins, ver noticiário, índices de desemprego e estatísticas alarmantes.

A vida lhe brinda com aquilo em que você mais concentra sua atenção. Não pense no desemprego, pense no trabalho que você quer, imagine-se nele, ouça as pessoas te elogiando. Crie um quadro mental tal como gostaria de viver em sua vida. Mas não pense, SINTA-SE tal e qual... Esse é o segredo! O passarinho canta por estar feliz? Não... Ele está feliz por cantar!

E depois de criar essa imagem, não saia julgando a vida da vizinha ou o comportamento da amiga. Perceba também se não reclama demais, não cria caso por qualquer coisinha, se não vive se fazendo de vítima, de coitadinha. Sabe porquê? É incongruente querer o bem para você e ter pensamentos mesquinhos com o outro. Não combina, entende?

No mais, uma das coisas que mais trazem prosperidade à nossa vida é sentir-se próspero e agradecer o que JÁ TEM de bom em sua vida. A casa, o alimento, a família, a comida, a educação, a saúde, a VIDA.... Sempre temos inúmeros motivos para sermos GRATOS!

"As pessoas felizes lembram o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo." – Epicuro.

Silvana Giudice

+ artigos

Paulistana, formada em pedagogia e Terapias Holísticas. Trabalho com Tarô há mais de quinze anos. Acredito que é uma das ferramentas mais poderosas para a autoconsciência. Com o tarô você tem a chance de desenvolver suas próprias escolhas e jornada de vida. Eu leio e interpreto as cartas, mas é você quem escolhe seu destino ou vocação. O Tarô inspira, orienta, aconselha, abre novos horizontes e perspectivas diferentes para vários fatores da sua vida. Sejam questões profissionais, amorosas ou na realização pessoal.

Atendimentos, aconselhamentos e conversas via e-mail.