por Vera Caballero

Evite a energia negativa de agosto

Nossa vida é cheia de energias. Somos cercados de energia em muitas formas e manifestações. O Universo, a Terra, os imóveis e os seres nada mais são que energia. Neste Universo de tantas energias, o Feng Shui estuda a energia que existe nos ambientes de uma casa e empresa, para harmonizar sua circulação.

O Feng Shui sabe que a energia do ambiente favorece a energia das pessoas quando em bom aspecto e atrapalha quando está em mau aspecto. Falar de energias é falar de vida. O assunto energia é muito rico, amplo e místico. Místico porque as crenças e costumes fazem parte da cultura de um povo ou nação. E, essas crenças trazem boas ou más energias, que o Feng Shui respeita. Claro que as crenças negativas devem ser mudadas para positivas, pois a vida em harmonia deve ser equilibrada e feliz. Tudo para o bem das pessoas. Um ótimo exemplo de crença negativa é o mês de agosto aqui no Brasil. Para muitos ele é o mês do desgosto ou mês do cachorro louco. Com toda a certeza, a maioria das pessoas não gosta de agosto, não tem bons presságios ou boas lembranças.

Quando começamos a estudar a origem de um agosto tão negativo, encontramos alguns relatos históricos que mostram uma grande insatisfação na antiga Roma. Diziam que existia um dragão que passeava pelo céu cuspindo fogo durante este mês. O dragão nada mais era que a constelação de Leão no hemisfério norte, que em agosto ficava mais visível a olho nu. Para muitas pessoas, como agosto tem uma atmosfera e energia muito pesada ou azarada, é melhor evitar importantes decisões neste período.

Muitos não viajam nesta época, não mudam para uma casa nova, não fecham negócios. E poucos são os casais que se atrevem a casar neste mês. Motivo: é mau agouro, dá azar. A origem da crença que casar em agosto dá azar vem das portuguesas. Na época das navegações, as mulheres não casavam neste mês, pois este era o período em que os navios das expedições saiam em busca de novas terras. Quem casava em agosto não tinha lua de mel e podia acabar viúva. Esta crença veio para o Brasil com a colonização, e permanece até hoje. Durante este mês fica muito forte na mente de alguns o fato de existir energia negativa, que pode contaminar os ambientes e relacionamentos. 

Esta energia é uma das piores, pois é emitida pelas próprias pessoas. E nela estão incluídas a inveja, olho gordo, dor de cotovelo, entre outras. Até o mais cético acredita no poder do mau olhado e no estrago que ele pode fazer na sua vida pessoal e profissional. Nas minhas consultorias de Feng Shui, as maiores reclamações que escuto dos clientes é o fato de serem perseguidos ou afetados negativamente por inveja de terceiros. Infelizmente o olho gordo e a urucubaca são verdadeiras pragas energéticas, que irão conturbar um ambiente familiar ou atrapalhar o dia a dia de uma empresa e seus funcionários.

A razão que explica esses sentimentos é muito mais ampla do que podemos imaginar: insegurança, inferioridade, maldade, falta do que fazer, incapacidade de realizar, etc. O mais importante é saber que podemos evitar e eliminar estas energias e pessoas negativas. O que não podemos dar força para a inveja, acreditando que ela irá nos derrubar. Também não podemos acreditar que tudo de ruim que acontece na nossa vida pessoal e profissional é culpa exclusiva da inveja alheia. E o mais perigoso de tudo é acreditar que o olho gordo não faz mal.

O mês de agosto nos faz pensar nestas energias negativas, além de suas conseqüências, que ocorrem no ano todo. Aceitar que inveja existe é um bom começo para vencê-la. Acreditar que somos mais fortes que a inveja e os invejosos é a certeza de que já vencemos. É muito importante também usar objetos e símbolos de proteção. Flores naturais vermelhas e amarelas na entrada quebram as más energias. Flores brancas purificam. E vaso de sete ervas na entrada do imóvel protege e limpa os ambientes.

Um Ba-Guá de proteção na porta ou espelho irá rebater a energia negativa. Uma cruz, santo de proteção ou o Arcanjo Miguel nos dará proteção espiritual. Olho grego, figa, objetos vermelhos próximos à porta repelem ventos ruins. Quando peço para meus clientes utilizarem estas técnicas de proteção e limpeza energética, a aplicação do Feng Shui é facilitada e o resultado das boas energias fica mais evidente. Pense bem no que acabou de ler e não dê mais força para crenças tão negativas.

Vera Caballero

+ artigos

Numeróloga, Coaching Holístico, Reiki, Feng Shui, Yoga e Radiestesia.

site www.almaserena.com.br

fone (11) 3287-2786

email fvct@uol.com.br