por Vera Caballero

Numerologia e a inteligência evolutiva

Atualmente está na moda falar das várias inteligências: emocional, financeira, espacial, musical, matemática, só para citar algumas. Mas muitas pessoas, mesmo sem saber, procuram por mais uma modalidade de inteligência: a evolutiva. Sabe quando você dá uma paradinha na correria do dia a dia e pensa: Meu Deus, o que eu estou fazendo aqui? Qual o sentido de tudo isso? Será que viver é apenas comer, dormir, casar, ter filhos, comprar coisas e trabalhar, trabalhar, trabalhar? Tá faltando alguma coisa...

Talvez um sentido para tudo isso, um tempero, sei lá! Quando certo incômodo toma conta de você e te faz pensar, podemos dizer que temos os primórdios do desenvolvimento desta inteligência. Trata-se de um incômodo que não te deixa mais ficar satisfeito(a) apenas trabalhando para consumir, para satisfazer necessidades impostas pela sociedade. E esse movimento interior vai te fazendo questionar relacionamentos, atitudes, preferências, comportamentos. Passa a existir certo distanciamento, um poder de reflexão que, a princípio, podemos sufocar porque ainda não temos a coragem de ir mais fundo e sequer pensar na possibilidade de fazer grandes mudanças em nossas vidas.

"Autoestima, paz interior, segurança e fé em dias melhores só podem ser encontradas no interior de cada um.

E, felizmente, para alguns, esse é um caminho sem volta. E a Vida ajuda, sabe?! Uma crise na forma de uma enfermidade, um relacionamento desfeito, a perda de emprego, problemas na família, enfim, situações que fazem com que sejamos obrigados a refletir, a mudar, porque, na grande parte das vezes, nunca mais seremos os mesmos. Quando a crise chega, é porque já estávamos prontos para crescer, só não queríamos admitir.

Começa, então, uma busca por respostas. A lista parece não ter fim: quem sou eu? Tenho uma missão? Porque certas pessoas ou certos eventos aparecem em minha vida? O que eu realmente quero? Estou no caminho certo? Sei que quero algo mais, mas não faço idéia do quê.

As perguntas excedem as certezas. Este é o momento ideal para você conhecer a Numerologia! Não só a Numerologia, mas qualquer caminho de autoconhecimento. Isso porque a paz de espírito tão almejada, as respostas para sua coleção de perguntas começam a ser respondidas e a vida só começa a ter sentido quando conhecemos a nós mesmos. Depois de uma longa jornada, somos obrigados a admitir que a resposta não está lá fora. Autoestima, paz interior, segurança e fé em dias melhores só podem ser encontradas no interior de cada um. E, segundo a Numerologia, mais precisamente no interior de nosso nome e data de nascimento.

Costumamos brincar que o maior problema do ser humano é que ele não nasce com bula ou manual de instruções. Mas a Numerologia existe para desvendar e decodificar as informações contidas nesses dois códigos (nome e data de nascimento) e nos revelar informações preciosas sobre nós mesmos: Qual é a sua verdadeira essência, quais são seus sonhos mais íntimos, que imagem passa para o mundo externo, qual a sua missão de vida, se você é mais racional ou emocional, se deve liderar ou compartilhar. Se deve se dedicar mais à vida material, aos relacionamentos ou à espiritualidade. Responde se é aconselhável ter ou não filhos, qual a profissão ideal, os ciclos de sua vida, as suas maiores dificuldades, os momentos adequados para cada iniciativa importante e responde também muitas das perguntas que você deve estar se fazendo há muito tempo. E essa busca por um sentido maior para a vida começa a fazer parte constante de nossa rotina e, mais do que autoconhecimento, precisamos também superar nossas limitações, expandir nossos horizontes, enfim, nos tornar pessoas melhores.

E quem quer evoluir sabe que é preciso fazer a diferença, contribuir para um mundo melhor. Ou seja, sai de si mesmo e começa a observar o mundo ao seu redor. Isso é Inteligência Evolutiva: saber que viver é um ótimo pretexto para que nos tornemos pessoas melhores. Ter consciência de que, quando sairmos desse planeta, nossa bagagem interior deve estar maior, nosso caráter mais lapidado, que contribuímos com alguma coisa, por menor que seja, para ajudar a tornar nosso ambiente melhor. É ter a esperança de que alguém vai sentir a nossa falta.

Vera Caballero

+ artigos

Numeróloga, Coaching Holístico, Reiki, Feng Shui, Yoga e Radiestesia.

site www.almaserena.com.br

fone (11) 3287-2786

email fvct@uol.com.br